Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Servidores realizam campanha de conscientização “IFRN contra o Aedes Aegypti”
Reitoria

Servidores realizam campanha de conscientização “IFRN contra o Aedes Aegypti”

03/02/2016 - A ação foi resultado da articulação entre o Projeto Campus Verde, a COASS e a CISSP.

Servidores realizam campanha de conscientização “IFRN contra o Aedes Aegypti”

Servidores receberam informações sobre como disseminar a mobilização contra o Aedes Aegypti

A rotina dos servidores da Reitoria do IFRN sofreu uma pequena mudança na manhã desta quarta-feira (3) em virtude da blitz da campanha “IFRN contra o Aedes Aegypti”, promovida através da articulação entre o Projeto Campus Verde, a Coordenação de Atenção à Saúde do Servidor (COASS) e a Comissão Interna de Saúde do Servidor Público Federal (CISSP). A ação organizada pela enfermeira Romanniny Costa, o engenheiro Ricardo Machado, a arquiteta Ana Claudia Gondim e o assistente em administração João Paulo de Melo levou informações sobre o combate ao mosquito Aedes Aegypti aos servidores lotados na unidade administrativa.

Na ocasião, o grupo visitou todos os setores da Reitoria e tirou dúvidas sobre o mosquito Aedes e a possibilidade do aparecimento de algumas infecções, além de propor uma rodada de perguntas em formato de quiz, em que os servidores podiam testar seus conhecimentos sobre o tema. Um dos objetivos da blitz foi tornar os servidores agentes multiplicadores da causa em seus ambientes familiares e sociais.  "A importância dessa ação na Reitoria é de mobilizar todos quanto à necessidade de prevenção e vigilância aos focos do mosquito do Aedes Aegypti tanto no ambiente de trabalho quanto nas suas residências e demais locais externos.  Pois assim, estaremos auxiliando na eliminação do vetor do vírus da dengue, Zika e Chinkungunya e, consequentemente, contribuindo para a redução dos casos dessas doenças no país", esclarece Romanniny. 

Houve também orientações aos terceirizados da Reitoria, realizadas pela veterinária Jussara Neri. No dia 4 de fevereiro, a COASS e CISSP realizaram busca ativa dos focos do mosquito Aedes Aegypti e áreas de risco nas dependências da Reitoria. A campanha surgiu a partir da proposta do Governo Federal, que desde sexta-feira (29) iniciou um mutirão para vistoriar as instalações do órgão com o objetivo de eliminar os focos do mosquito Aedes Aegypti, vetor dos vírus da Dengue, Zika e Chikungunya. A iniciativa, que irá durar sete dias, faz parte de uma ação integrada do governo federal – desenvolvida pela Presidência da República em parceria com os ministérios do Planejamento e da Saúde – na luta contra o mosquito.

 

 

Ações do documento

Página em carregamento