Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN integra grupo de trabalho nacional sobre repositórios digitais
CIÊNCIA ABERTA

IFRN integra grupo de trabalho nacional sobre repositórios digitais

16/11/2017 - Primeira reunião do GT aconteceu no Seminário Nacional de Gestão da Informação e do Conhecimento

IFRN integra grupo de trabalho nacional sobre repositórios digitais

Parte dos membros do GT 12 da CBBI

Partindo do conceito de “ciência aberta”, que lida com o compartilhamento de informações, materiais e pesquisas científicas através da internet e de maneira gratuita (sem custos) ou livre (direitos adicionais de utilização), foram criados os repositórios digitais, que são bases de dados que organização a produção científica de uma instituição (repositório institucional) ou área temática (repositório temático). O IFRN foi o primeiro Instituto Federal a ter seu repositório institucional (RI), o Memoria. Essa experiência inovadora despertou interesse na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o que gerou um convite para que o IFRN integrasse um grupo de trabalho (GT) sobre o tema, ficando responsável pela coordenação do GT. 

Integrante da equipe gestora do repositório institucional do IFRN (Memoria), Vanessa Cavalcanti atua como bibliotecária no Campus Natal-Zona Norte e, desde o último mês de outubro, coordena o Grupo de Trabalho sobre Repositórios Institucionais (GT 12) da Comissão Brasileira de Bibliotecas das Instituições (CBBI) da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (RFEPCT). “É uma enorme satisfação, não só ter o trabalho reconhecido, como compartilhar o que sabemos com quem quer fazer ciência. Essa é uma excelente oportunidade para gerar mais visibilidade ao IFRN e divulgar as produções da Instituição realizadas por seu alunos e servidores. Ainda temos muito a aprender, e continuamos comprometidos com o trabalho”, comentou a bibliotecária.

GT 12

O mais novo grupo de trabalho da Rede Federal tem como principais atribuições, apoiar o Movimento de Acesso Aberto, promover de ações que viabilizem o desenvolvimento e implementação de RIs nas instituições da RFEPCT, proporcionar visibilidade institucional e de seus pesquisadores e desenvolver estudos científicos no campo da Ciência da Informação, com foco em: acesso aberto, repositórios digitais e áreas afins. 

Durante o Seminário Nacional de Gestão da Informação e do Conhecimento, sediado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, entre os últimos dias 6 e 7 de novembro, aconteceu o IV Encontro da Rede Nordeste de Repositórios Digitais (RENERE), que propiciou a realização da I Reunião do GT 12. A reunião discutiu formas de promover o compartilhamento das ações que envolvem o desenvolvimento, implementação e consolidação dos Repositórios nas instituições da RFEPCT.

Memoria

Há dois anos, o Instituto Federal do Rio Grande do Norte conta com o Memoria, seu repositório institucional no qual é possível, à estudantes e servidores do Instituto, armazenar desde artigos até teses e dissertações, acessando o portal do repositório com login e senha do Suap. O material fica disponível para acesso público e o repositório permite consulta por "Comunidades e Coleções", "data do documento", "autores", "títulos" e "assuntos".

Portal Memoria

Ações do documento

Página em carregamento