Você está aqui: Página Inicial / Campi / João Câmara / Notícias / Direção-Geral e PROPI articulam projeto para implementação do Observatório das Energias Renováveis no Campus João Câmara
Pesquisa e Inovação

Direção-Geral e PROPI articulam projeto para implementação do Observatório das Energias Renováveis no Campus João Câmara

20/04/2018 - O Observatório será um centro de articulação para o ensino, pesquisa e extensão em diversas áreas

Direção-Geral e PROPI articulam projeto para implementação do Observatório das Energias Renováveis no Campus João Câmara

Na última terça-feira (17) o Diretor-Geral do Campus João Câmara, Prof. Matheus Tavares, reuniu-se com o assessor da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (PROPI) do IFRN, João Teixeira; o Engenheiro Civil do Campus, Daniel Góis; o Coordenador do Curso Superior de Tecnologia em Energias Renováveis, Odailson Cavalcante; o Coordenador do Curso Técnico de Eletrotécnica, Antônio Martins; e demais professores dos cursos da área de energias; para discutir a implementação do Observatório das Energias Renováveis.

O Observatório será um centro de articulação para a pesquisa em diversas áreas, orientadas a compreender, analisar e dar resposta às possíveis demandas relacionadas às energias renováveis e à sustentabilidade energética, contribuindo para a melhoria da gestão das energias renováveis no RN, além de atuar na formatação de políticas públicas vinculadas ao setor e na tomada de decisões sobre seus impactos socioeconômicos e ambientais.

Neste ambiente, os servidores do Campus prospectarão as demandas do setor produtivo e da sociedade para implantar ações na área de energia solar e eólica não somente em pesquisa, mas também em ensino e extensão. Foi discutida a criação de um laboratório multiusuário para o desenvolvimento de pesquisa e inovação, espaço que abrangerá projetos de todos os cursos do Campus João Câmara. 

"A ideia é que esse laboratório possibilite uma sinergia entre os pesquisadores para que criem projetos que possam integrar várias disciplinas dos cursos do Campus João Câmara e que esses projetos supram demandas de empresas do setor produtivo e da sociedade", explicou o Prof. João Teixeira, assessor de pesquisa e inovação tecnológica da PROPI.

Uma das primeiras ações do observatório consiste na oferta dos cursos que fazem parte da iniciativa “Profissionais para Energias do Futuro” do Programa para Desenvolvimento em Energias Renováveis e Eficiência Energética na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (EnergIF). Dentre os cursos a serem ofertados, estão cursos da área de energia solar fotovoltaica, eólica e eficiência energética.

“O Observatório é de suma importância não apenas para o Campus de João Câmara e o curso de Energias Renováveis, mas principalmente para aumentarmos a nossa inserção na Região do Mato Grande, que hoje é um dos principais pontos de produção de energia eólica do país”, destacou o Diretor-Geral do Campus, Prof. Matheus Tavares.

Na reunião foi definido um cronograma de trabalho para desenvolvimento do projeto; discutida a realização de adequações de infraestrutura no campus; e realizados encaminhamentos para a confecção de um logo para o Observatório.

Ações do documento

Página em carregamento