Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Pesquisa e Inovação: Pró-Reitoria trabalha para regulamentar área no IFRN
normatização

Pesquisa e Inovação: Pró-Reitoria trabalha para regulamentar área no IFRN

14/03/2018 - Desde 2016, estão sendo construídos documentos normativos

Pesquisa e Inovação: Pró-Reitoria trabalha para regulamentar área no IFRN

Ações da Pró-Reitoria têm concentrado esforços em normatizar a área

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação do IFRN tem como objetivo promover o desenvolvimento científico e tecnológico institucional. Tendo como responsável, desde 2016, o professor Márcio Azevedo, as ações da Pró-Reitoria têm concentrado esforços em normatizar a área, especialmente o Desenvolvimento Científico e a Inovação Tecnológica e a Produção e Comunicação Técnico-Científica.

Nesse sentido, técnicos e docentes do setor têm trabalhado em documentos a fim de estruturar suas atividades nas áreas citadas, que abrangem os grupos e projetos de pesquisa, as parcerias interinstitucionais, a gestão da inovação, as incubadoras tecnológicas, a propriedade intelectual e transferência de tecnologia, além das ações de publicações acadêmicos-científicas: a publicação de revistas científicas, acesso a bases de dados, os eventos e a comunicação técnico-científicos, além da pós-graduação.

Atividades de Pesquisa e Inovação

A fim de proporcionar uma maior legitimidade a todas essas ações, está sendo construído o Regulamento das Atividades de Pesquisa e Inovação do IFRN. Tendo à frente uma comissão multicampi formada por 20 membros, os trabalhos devem ser concluídos até 23 de abril e submetidos à análise e aprovação do Conselho Superior do Instituto. No dia 15 de março, a primeira reunião do grupo discute a estrutura dos capítulos e inicia a construção da minuta.

A exemplo do Regulamento das Atividades de Extensão (aprovado em novembro passado por meio da Resolução nº 58/2017-CONSUP), espera-se conseguir uma melhor orientação acerca da política adotada e, por conseguinte, a padronização de processos institucionais na área, explicou o pró-reitor Márcio Azevedo. “A construção da normativa tem como base o Projeto Político-Pedagógico e o Plano de Desenvolvimento Institucional, além dos manuais, editais e notas informativas emitidos pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (Propi), que vêm direcionando o trabalho dos gestores e pesquisadores até então”, complementou.

Ainda de acordo com o professor, as notas informativas vêm sendo ferramentas importantes para orientar o trabalho dos gestores de Pesquisa e Inovação ao tempo em que o documento base é construído. “Carecíamos de diretrizes e não podíamos aguardar até a finalização do Regulamento, uma vez que as atividades de pesquisa são iminentemente dinâmicas”, acrescentou Márcio.

Outras ações

Segundo Darlyne Fontes, da Coordenação da Editora IFRN, nesse período, muitas frentes de trabalho estão em execução. “Além dos editais publicados e por publicar, há documentos e ações sendo desenvolvidas. Essas atividades incluem editais inéditos e normativas para publicação de obras, como os livros da Editora”, disse. Abaixo, a lista das ações:

Editais inéditos

  • Artes, esporte e lazer;
  • Projetos de inovação;
  • Tradução de artigos científicos;
  • Registro de propriedade intelectual;
  • Participação discente em eventos técnico-científicos;
  • Seleção de obras para publicação;
  • Registro de dissertações e teses (em fase de implantação);
  • Licenciaturas (em fase de implantação).

Ações e documentos normativos

  • Política editorial da Editora IFRN;
  • Política de desenvolvimento cientifico, tecnológico e de inovação do IFRN;
  • Reestruturação do conselho da Editora IFRN;
  • Regulamento das atividades de pesquisa e inovação do IFRN (em andamento);
  • Política editorial dos Periódicos do IFRN (em andamento).

Ações do documento

Tags: , ,
Página em carregamento