Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Líderes de Associações Comunitárias Rurais participam de capacitação
Campus Apodi

Líderes de Associações Comunitárias Rurais participam de capacitação

06/04/2018 - Ação faz parte de projeto que faz análise de solo para pequenos produtores

Líderes de Associações Comunitárias Rurais participam de capacitação

A capacitação reuniu representantes de comunidades rurais

Na manhã da quinta, 5/4, produtores rurais da Chapada do Apodi participaram de uma oficina de coleta de amostras de solo, ministrada pelos professores Eduardo Castro e Felipe Maia, que coordena o projeto de extensão “Análise química de macronutrientes do solo como forma de obter o fortalecimento da agricultura familiar”.

A capacitação reuniu representantes do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais (STTR) de Apodi, membros do projeto de extensão, direção e servidores do Instituto, além de 15 líderes de comunidades rurais apodienses que terão a missão de transmitir o conhecimento adquirido na capacitação, para os demais membros de sua comunidade.

Macronutrientes do solo

O projeto consiste em realizar a análise do solo, ação usada como forma de avaliar a fertilidade e o estado nutricional da terra, buscando a melhor forma de adubar, evitando gastos com adubo de forma errada ou desnecessária, resultando no aumento da produtividade das terras. Nessa capacitação os participantes aprenderam como realizar, de maneira correta, a coleta das amostras do solo que serão usadas na análise ofertada, de forma gratuita, pelo Campus Apodi. O próximo passo do projeto será aguardar a chegada das amostras coletadas pelos produtores rurais, que serão analisadas por alunos e professores integrantes do Núcleo de Extensão e Prática Profissional (Nepp) do Campus Apodi.

Para Agnaldo Fernandes, presidente do STTR e um dos responsáveis pela conexão entre o campus e as associações, a importância do projeto se dá na perspectiva de aproximação entre a comunidade geral e o instituto: “Essa capacitação poderá trazer uma melhor orientação técnica em relação ao manuseio do solo e, consequentemente, trará benefícios para a agricultura familiar como o aumento da produção”, disse o sindicalista.

Sobre o Projeto

O Projeto “Análise química de macronutrientes do solo como forma de obter o fortalecimento da agricultura familiar” faz parte do Nepp, coordenado pelo professor Felipe Maia, e é desenvolvido em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Apodi. O objetivo da iniciativa é realizar análises das terras cultiváveis e, com isso, ajudar os agricultores familiares do município a aumentar a produção agrícola. A ideia geral é promover a correção nutricional do solo, proporcionando aos alunos dos cursos técnicos a possibilidade de realização da sua prática profissional.

De acordo com o professor Felipe Maia, que também coordena o Nepp, essas são ações de grande relevância para a região, onde existe uma forte presença da agricultura familiar. “Projetos como esse desempenham papel estratégico na segurança alimentar e na geração de renda do país. Por isso a associação do conhecimento acadêmico ensinado nos diversos cursos do campus direcionado para realizar análise química do solo disponibiliza aos produtores e produtoras rurais uma ferramenta para aumento da sua produtividade e renda”, finalizou.

Ações do documento

Tags: , ,
Página em carregamento