Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Estudantes de Marketing conquistam prêmio em congresso em Joinville-SC
CAMPUS NATAL-ZONA NORTE

Estudantes de Marketing conquistam prêmio em congresso em Joinville-SC

29/05/2018 - Duarte e Iago foram vencedores da categoria Inovação e Tecnologia. Evento terminou sábado (19)

Estudantes de Marketing conquistam prêmio em congresso em Joinville-SC

Dupla criou o Apicultec, equipamento com placas coletoras que atraem abelhas para extração do veneno do inseto

Os alunos Iago Rômulo de Sá e José Duarte de Lima, do Curso Superior de Tecnologia em Marketing, conquistaram, no sábado (19), o primeiro lugar da categoria Inovação e Tecnologia no 22º Congresso Brasileiro de Meliponicultura. O evento aconteceu de 16 a 19 de maio na Expoville de Joinville/SC, a maior feira de apicultura do país que acontece a cada dois anos, com a presença de estudiosos, pesquisadores e investidores de toda a América Latina.

"Só tenho a agradecer ao Campus por me dar a chance de pensar e colocar em prática todo o conhecimento de sala de aula. A equipe de professores é fantástica e nos torna excelentes profissionais. Graças a esse suporte, conseguimos levar à sociedade o que aprendemos aqui", agradeceu seu Duarte.

Assim como o colega, Iago destacou o papel da Instituição na sua trajetória acadêmica, profissional e de vida. "Sem o auxílio dos professores e colaboradores jamais teríamos alcançado de forma tão breve os nossos objetivos. O ambiente do Instituto nos faz respirar empreendedorismo e inovação. Temos aqui toda a infraestrutura e os melhores profissionais capacitados para nos preparar para os desafios do mercado".

 

Apicultec: início, desenvolvimento e comercialização

Tudo começou em 2014 quando seu Duarte, na época estudante do Curso Técnico em Eletrônica, decidiu, para o trabalho de conclusão de curso, desenvolver um produto cuja tecnologia fosse capaz de aumentar a renda e a qualidade de vida de pequenos e médios apicultores (criadores de abelhas). Através da diversificação da cultura apícola, a proposta era ajudá-los a coletar a apitoxina, veneno extraído das abelhas que é usado pela indústria farmacêutica para a produção de cosméticos e alguns medicamentos, tornando-se importante fonte de renda para esses trabalhadores.

Dois anos depois, o estudante ingressou no curso de Marketing assim como Iago. Juntos, eles resolveram aplicar conhecimentos de ferramentas de gestão organizacional e estratégias de marketing para criar o Apicultec, um equipamento composto por cinco placas coletoras feitas de vidro, as quais emitem eletro-estímulos que atraem os insetos para extração da apitoxina, presente no ferrão. Há cerca de dois meses, os alunos recebem suporte da Incubadora Tecnológica Natal Central (ITNC), que funciona no Campus Natal - Central, no que diz respeito à criação e ao desenvolvimento da empresa, considerada inovadora de base tecnológica com potencial de sucesso, de forma a permitir o aumento de sua taxa de sobrevivência.

De acordo com os estudantes, o Apicultec não causa danos às abelhas, não agride o meio-ambiente e chega a ser dez vezes mais eficiente que outros equipamentos usados para a coleta. "O produto já está no mercado, em pequena escala, é verdade, e pela simplicidade de manuseio é perfeito para apicultores que desejam começar a ganhar dinheiro com a coleta do veneno da abelha". 

 

Prêmios

Na última edição da Semana de Ciência, Tecnologia e Extensão do IFRN (Secitex), realizada em novembro de 2017 no município de Caicó/RN, a equipe ficou com o segundo lugar no II Prêmio de Empreendedorismo Inovador. Já em 2018, a empresa conquistou a melhor nota do processo seletivo para o ITNC.

Ações do documento

Página em carregamento