Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Dirigentes fazem reunião conjunta no Campus Canguaretama
Gestão

Dirigentes fazem reunião conjunta no Campus Canguaretama

11/10/2017 - Encontro foi marcado também pelo aniversário de 4 anos do Campus

Dirigentes fazem reunião conjunta no Campus Canguaretama

Reitor, pró-reitores, diretores sistêmicos, gerais, acadêmicos, chefes e assessores participaram da reunião

Com a presidência do reitor Wyllys Farkatt Tabosa, os integrantes do Colégio de Dirigentes (Codir) e do Conselho de Ensino (Coen) do IFRN se reuniram nesta segunda e terça-feira, 9 e 10 de outubro, para reunião conjunta no Campus Canguaretama do Instituto. O objetivo principal foi discutir temas como o currículo integrado, acompanhamento de egressos e projetos de pesquisa em fluxo contínuo.

A reunião teve início com o debate sobre o Processo 23421.026737.2016-72, que trata da substituição do registro das atividades docentes através de ponto eletrônico. O tema ainda se encontra em discussão no Ministério da Educação, o que, no momento, não garante a segurança jurídica necessária para a suspensão do ponto eletrônico docente no âmbito do IFRN. De acordo com o reitor Wyllys Farkatt, o processo que debate o tema em nível nacional encontra-se na Procuradoria Jurídica do MEC.

Logo após, a diretora Pedagógica do Instituto, Ticiana Cunha, falou sobre a necessidade de fortalecimento do currículo integrado na Instituição. "Esse debate passa pela discussão da nossa identidade institucional. Todos os servidores precisam ter a consciência de que a formação integral dos estudantes é um dever de todos e para todos, não só do técnico integrado", declarou. Ainda sobre o ensino, a bibliotecária Anyelle Palhares apresentou um estudo para o acesso de colaboradores eventuais e alunos dos cursos de Formação Inicial e Continuada ao empréstimo de livros nas bibliotecas dos campi.

A professora Odisseia Gaspareto fez uma análise sobre as ações desenvolvidas e planejadas até o momento pela Diretoria de Atividades Estudantis. A professora assumiu a gestão da área em julho de 2017, após a aposentadoria do então diretor, professor Erivan Sales do Amaral. Foi debatida também a pesquisa com os egressos, feita pelo economista Marcus Sampaio, da Pró-Reitoria de Extensão do Instituto. O servidor chamou a atenção para a necessidade de se manter o acompanhamento dos egressos para verificar o êxito da formação prestada pela Instituição. 

O diretor de Inovação em exercício João Teixeira compartilhou com o grupo o levantamento sobre os projetos de pesquisa desenvolvidas na Instituição. A análise dos dados indica a necessidade de um melhor acompanhamento dos projetos em fluxo contínuo. A Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação se comprometeu ainda a publicar uma nota técnica sobre a gestão e o acompanhamento dos editais publicados pelos campi.

O pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Marcos Oliveira, finalizou as apresentações com o cronograma para o Planejamento 2018 da Instituição. "Lembramos a necessidade desse processo ser realizado de maneira integrada, com a colaboração da comunidade acadêmica", destacou. Para encerrar, o reitor Wyllys Farkatt reforçou a necessidade de os gestores compartilharem as discussões com as suas comunidades. "Nosso trabalho como gestão é articular e fomentar as ações. Precisamos que todos façam sua parte para que o IFRN continue crescendo", finalizou.

ANIVERSÁRIO

No final da manhã da terça-feira (10), os participantes da reunião assistiram ao hasteamento das bandeiras e ao corte do bolo que simbolizaram a comemoração pelos quatro anos do Campus Canguaretama. A comemoração teve a participação dos estudantes e servidores, além dos gestores da unidade de ensino. O diretor-geral Valdelúcio Pereira convidou os diretores Ednaldo Pereira e Alan Paulo Oliveira, dos campi São Paulo do Potengi e Ceará-Mirim, para também participarem do momento. Os três campi começaram a funcionar em 2013. "Nosso compromisso com a sociedade potiguar é continuar oferecendo formação de excelência, a fim de transformar a sociedade em um lugar mais justo", comentou o diretor do Campus Canguaretama.

Ações do documento

Página em carregamento