Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Projeto sobre Língua portuguesa é finalista do Prêmio Educador Nota 10
Campus Nova Cruz

Projeto sobre Língua portuguesa é finalista do Prêmio Educador Nota 10

12/07/2019 - Argument(Ação), da professora Patrícia Barreto, é o único representante dos Institutos Federais na final

Projeto sobre Língua portuguesa é finalista do Prêmio Educador Nota 10

Argument(ação), jogo criado por Patrícia, reuniu 115 alunos dos 3ºs anos do Campus Nova Cruz

Como desenvolver o protagonismo juvenil e estimular o vínculo de pertencimento dos jovens com os locais onde vivem? A resposta a essa pergunta está materializada no projeto ‘Argument(Ação): o empoderamento do protagonismo juvenil’, de Patrícia Barreto da Silva Carvalho, professora no Campus Nova Cruz do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). O projeto é um dos 50 finalistas no Prêmio Educador Nota 10 – 2019 e o único representante dos Institutos Federais do Brasil na final.

Realizado pela Fundação Victor Civita, este ano o prêmio selecionou profissionais da Educação Infantil ao Ensino Médio, incluindo a Educação de Jovens e Adultos (EJA), de escolas públicas e privadas, de 17 estados brasileiros. Ao todo foram 4876 inscritos. Finalista pela segunda vez, Patrícia Barreto integra um grupo com outros 10 projetos de Língua Portuguesa.

Argument(Ação)

Por meio de um jogo criado pela professora Patrícia, o Argument(ação), 115 alunos de quatro turmas dos terceiros anos do Campus Nova Cruz aprenderam diferentes tipos de argumentos e pensaram em soluções para os problemas sociais percebidos nas cidades onde vivem. Em paralelo, Patrícia levou para a sala de aula imagens que representavam denúncias de questões sociais e pediu aos alunos para observá-las, identificando temas e apresentando justificativas para os diferentes pontos de vista que vinham à tona.

A professora percebeu que os jovens falavam dos temas de forma genérica e superficial e por isso planejou estratégias que tinham como foco a argumentação e a produção de um artigo de opinião. Terminada a produção escrita, os alunos prepararam um podcast, o Desxculpa aí, para divulgar suas ideias e evidenciar o protagonismo juvenil. “Na 1ª temporada foram apenas estudantes do Campus Nova Cruz, mas daremos continuidade com uma nova temática. Inclusive já firmamos parceria com outros campi do IFRN e outros Institutos”, disse Patrícia.

Avaliação

Segundo o regulamento do Prêmio Educador Nota 10, todos os trabalhos inscritos passam pela avaliação de pelo menos dois dos 27 selecionadores: especialistas em didáticas específicas, pesquisadores das principais universidades do país, orientadores de graduação e pós-graduação e formadores de gestores e de professores em suas respectivas disciplinas.

Premiação

Os 50 finalistas, além do diploma de participação ganham uma assinatura anual do site Nova Escola Digital, onde terão acesso aos conteúdos Nova Escola e Gestão Escolar. O prêmio final, dedicado a 10 vencedores, será divulgado na quarta-feira, 17/7 e ainda traz uma viagem para São Paulo, R$ 15 mil para cada educador, um vale presente no valor de R$1 mil para a escola em que foi aplicado o projeto; já o prêmio de Educador(a) do Ano traz mais um vale presente no valor de R$5 mil para a escola e outro vale presente no valor de R$15 mil (quinze mil reais) para a pessoa escolhida.

Acesse

Desxculpa aí — Podcast do projeto ‘Argument(Ação)

Prêmio Educador Nota 10 – 2019

Ações do documento

Página em carregamento