Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Ministro da educação se compromete com a consolidação de campi do IFRN
Gestão

Ministro da educação se compromete com a consolidação de campi do IFRN

03/05/2018 - Em audiência no MEC, ministro recebeu reitor do Instituto e bancada federal do estado

Ministro da educação se compromete com a consolidação de campi do IFRN

Audiência aconteceu no Ministério da Educação

Com o objetivo de reivindicar a consolidação de Lajes, Parelhas e EaD como campi efetivos do IFRN, o reitor Wyllys Farkatt participou na noite desta quarta-feira (3) de audiência no Ministério da Educação (MEC). A reunião foi presidida pelo ministro Rossieli Soares, que assumiu a pasta no início de abril deste ano, e contou com a participação da reitora da UFRN, Ângela Paiva, e da bancada federal do estado.

A audiência tinha como temas principais a expansão do IFRN e o orçamento das universidades e foi o primeiro contato direto dos reitores com o ministro da Educação. O reitor do IFRN iniciou as discussões destacando o trabalho realizado por Lajes e Parelhas, hoje classificados como campi avançados, e EaD, que administrativamente é ligado ao Campus Natal-Central do Instituto. Com a entrega de encartes, livros e revistas aos participantes da audiência, mostrou que o trabalho de ensino, pesquisa e extensão desenvolvido pelas três unidades já ultrapassa o que suas classificações atuais possibilitam.

“Por esforços internos, atendemos cerca de 500 estudantes em Lajes e Parelhas e mais de 3 mil estudantes através da EaD. Temos demanda da sociedade potiguar para ampliar esse trabalho. A mudança de classificação das unidades nos dará condições administrativas para ampliar nosso trabalho”, explicou.

O ministro da Educação se mostrou atento às reivindicações. “Comprometo-me a fazer o encaminhamento do que foi solicitado aqui ao Ministério do Planejamento, com o apoio da bancada federal do RN, com o estudo do que é necessário hoje para que as mudanças aconteçam, inclusive EaD”, declarou o ministro.

Sobre o Campus EaD, o ministrou revelou que foi a primeira vez que recebeu uma solicitação desse tipo. “Pela minha história, você tem um grande aliado, com a experiência do Centro de Mídias Digitais do Amazonas. Vou olhar com carinho”, acrescentou. Todos os parlamentares do presentes se declararam envolvidos com a defesa do pleito.

A audiência contou com a participação dos diretores dos três campi citados, Gerlúzia Azevedo, de Parelhas; Pollyanna Araújo, de Lajes, e Alex Oliveira, da EaD. Participaram também a secretária de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Eline Neves; os senadores Fátima Bezerra, José Agripino Maia e Garibaldi Alves; os deputados federais Felipe Maia, Rafael Motta e Zenaide Maia, além do vice-reitor da UFRN, professor Daniel Diniz Melo. Os reitores das instituições solicitaram ainda a liberação dos recursos financeiros das emendas parlamentares 2017.

ENTENDA AS REIVINDICAÇÕES DO IFRN

 

O IFRN construiu a gestão da educação a distância de forma inovadora em relação a todo país, estabelecendo um Campus para administrar o trabalho realizado na área em todos os polos distribuídos pelo RN e PB. Lajes e Parelhas ofertam hoje, além de cursos técnicos subsequentes, cursos técnicos integrados ao ensino médio, o que não entraria no escopo de atuação de avançado, mas promove a pesquisa, a extensão e o desenvolvimento da educação nas regiões Seridó e Central do estado.

“A classificação de campus dará mais autonomia às unidades, que hoje são geridas financeiramente pelo Campus Natal-Central (EaD) e Reitoria (Lajes e Parelhas), como também a ampliação do quadro de servidores e da capacidade de realizar ações e ofertar cursos”, acrescentou o reitor, que avaliou como positiva a audiência desta quarta-feira. “Saímos esperançosos!”, concluiu.

Ações do documento

Página em carregamento