Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Patrimônio da União oficializa cessão de uso de terrenos ao IFRN
Expansão

Patrimônio da União oficializa cessão de uso de terrenos ao IFRN

04/10/2012 - As áreas cedidas em Ceará Mirim e nas Rocas vão receber novas unidades do Instituto

Patrimônio da União oficializa cessão de uso de terrenos ao IFRN

Gestores do IFRN e do Patrimônio da União com documento de cessão dos terrenos.

"É uma satisfação enorme ver que as políticas traçadas por nós em Brasília estão se concretizando aqui em ações que beneficiam a população". Com essas palavras, Paula Maria Mota Lara, secretária do Patrimônio da União, participou da assinatura de cessão de uso dos terrenos de Ceará Mirim e da Rotunda, nas Rocas, bairro de Natal, ao IFRN. 

A solenidade de assinatura aconteceu hoje (4), às 11h, no terreno onde está sendo construído o Câmpus Ceará Mirim do Instituto. Além de Paula Maria Mota, assinaram também o documento a superintendente do Patrimônio da União no RN, Yêda Cunha de Medeiros Pereira; o reitor em exercício do Instituto, Wyllys Abel Farkatt Tabosa, e o diretor do Câmpus Natal-Cidade Alta, Lerson Fernando dos Santos Maia.
 
A Rotunda era uma espécie de galpão que recebia locomotivas. A que foi cedida ao IFRN é uma das cinco ainda existentes no Brasil e possui uma área de 9.551 m². Ela fica localizada no sítio histórico da Refesa (Rede Ferroviária Federal S.A.). Lá vai ser construída uma segunda unidade do Câmpus Cidade Alta. 
 
Projeto de zoneamento da Rotunda.
De acordo com Marcos Costa, arquiteto do câmpus, está pronto o zoneamento da área, que é um estudo sobre a utilização dos espaços. A nova unidade do Instituto contará, além das salas de aula, com laboratórios, biblioteca, área de vivência, auditório, circulação, entre outros. "Por ser um prédio tombado historicamente, teremos de preservar as características arquitetônicas", declarou Ana Cláudia Gondim, arquiteta do Instituto.  
 
No terreno de Ceará Mirim, que totaliza 100 mil m², já está em processo de construção um novo câmpus do IFRN. A previsão é que fique pronto em março de 2013. Segundo Emanuel Henrique Gomes Paiva, engenheiro do Instituto e fiscal da obra, o câmpus contará com 23 salas de aula, 18 laboratórios, auditório, pátio de convivência, biblioteca e área esportiva.
 
Além do Câmpus Ceará Mirim, em 2013, o IFRN contará com os câmpus Canguaretama e São Paulo do Potengi. O crescimento é fruto do programa do governo federal para expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnolóigica. Cada um dos novos câmpus, como também a unidade do Câmpus Natal Cidade Alta que será construída na Rotunda, em pleno funcionamento, atenderá cerca de 1.200 alunos regulares. "Mas se contarmos com os cursos não regulares e com os programas e projetos oferecidos pelo IFRN, cada uma das unidades poderá atender até 3000 beneficiados", pontuou o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional do IFRN, Wyllys Abel Farkatt Tabosa.
 
Estavam presentes à solenidade de assinatura de cessão dos terrenos de Ceará Mirim e da Rotunda a equipe de engenharia da ECCL Empreendimentos e Construções Limitada (responsável pela construção do Câmpus Ceará Mirim); a Diretoria de Engenharia e Infrestrutura do IFRN; a equipe gestora do Instituto - Reitoria, Câmpus Natal-Cidade Ata e Nova Cruz - e a equipe do Patrimônio da União
 
 

Ações do documento

Página em carregamento