Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN e UFRN discutem construção de evento
tecnologia mineral

IFRN e UFRN discutem construção de evento

16/12/2019 - Voltado a público internacional, workshop acontece em março de 2020

IFRN e UFRN discutem construção de evento

João Teixeira: “Esse encontro é a primeira etapa de um longo processo. A ideia inicial é alinhar as próximas atividades e encaminhamentos"

As professoras Sibele Pergher (pró-reitora de Pesquisa) e Marcela Vieira (do Departamento de Geologia), da UFRN, junto a Lucas Bezerra Dávalos, representando o Instituto de Ciências Geográficas da China (CGS) e a regional Nordeste da Associação Sino Brasileira de Mineração (ASBM) estiveram no gabinete da Reitoria do IFRN na segunda, 9/12. Na ocasião, foram recebidos pelo diretor executivo do Centro de Tecnologia Mineral (CT Mineral) do Instituto, João Batista Monteiro, e pelo diretor de Inovação Tecnológica do IFRN, João Teixeira Neto. Ainda participou da reunião o professor Belchior de Oliveira Rocha, reitor do IFRN entre 2008 e 2016. O encontro tinha como pauta o alinhamento das duas instituições para construção de um workshop na área de tecnologia mineral.

A ser realizado em março de 2020, o workshop realizado pelo IFRN em parceria com a UFRN surgiu após o Fórum Estadual Mineral, que aconteceu na Escola de Governo do Estado e contou com a presença de empresários chineses interessados em investir no potencial potiguar na área de mineração. Segundo João Teixeira, durante o Fórum, os empresários viram a apresentação do CT mineral e conheceram projetos de inovação voltados à tecnologia mineral. “Esse encontro é a primeira etapa de um longo processo. A ideia inicial é alinhar as próximas atividades e encaminhamentos e, juntos construir o workshop”, disse. 

A participação de Lucas Dávalos na reunião foi no sentido de orientação sobre a construção do documento em que UFRN e IFRN convidam os empresários e gestores chineses ao workshop, já apontando equipamentos disponíveis para desenvolvimento de pesquisas, elencando também pesquisadores e projetos em andamento nas duas Instituições. Dentre os projetos do IFRN, o que trata da Extração de óxido de Nióbio e tântalo a partir da tantalita/columbita, do professor Cleonilson Mafra.

“A ideia é juntar as forças e apresentar o nosso melhor”, disse a professora Cibele Pergher. Finalizando o encontro, João Teixeira fez um esboço do que mostrará por parte do IFRN: “Tendo a possibilidade de apresentar nossas ações de Ensino, trataremos dos cursos de Geologia e Mineração, dos campi Natal-Central e Parelhas, de Extensão, destacaria a prestação de serviços tecnológicos na área, com enorme potencial para movimentar o setor econômico do Rio Grande do Norte, e na Pesquisa o foco fica nos projetos de inovação e desenvolvimento tecnológico que atendam às necessidades dos chineses”.

Ações do documento

Página em carregamento