Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Gestores do IFRN fazem visita à Universidade do Minho
Internacionalização

Gestores do IFRN fazem visita à Universidade do Minho

11/04/2018 - Em Portugal, comitiva assinou protocolos e deu suporte aos mestrandos do Instituto

Gestores do IFRN fazem visita à Universidade do Minho

Entre as pautas da reunião havia a assinatura de dois protocolos

A comitiva do IFRN que viajou para Braga, em Portugal, esteve com a professora Carla Martins e o professor Rui Vieira de Castro, respectivamente pró-reitora de Relações Internacionais e reitor da Universidade do Minho (UMinho). A reunião, que aconteceu na Reitoria da Universidade, teve entre seus itens da pauta, o balanço do convênio mantido com o Instituto desde 2012 e as possibilidades de expansão da parceria. Representando o IFRN, o reitor, professor Wyllys Tabosa, o pró-reitor de Pesquisa e Inovação, professor Márcio Azevedo, a pró-reitora de Extensão, professora Régia Lopes e o diretor de Gestão de Pessoas do IFRN, Auridan Dantas.

“A ideia é envolver a produção acadêmico-científica e o desenvolvimento de projetos tanto de pesquisa quanto de inovação”, disse o professor Márcio.  O pró-reitor acrescentou que, na reunião, ainda se discutiu a possibilidade de ampliação das escolas para os doutoramentos, em particular nas áreas de Economia, Gestão, Administração, Direito e Psicologia. “A pró-reitora Carla Martins assumiu o compromisso de fazer os devidos contatos sobre a possibilidade e interesse destas escolas se incorporarem ao convênio”, complementou Márcio.

Aprimoramento e aperfeiçoamento

O reitor considerou a reunião bastante proveitosa: “concluímos que são necessários alguns ajustes, tanto na gestão quanto na supervisão do convênio, em níveis de mestrado e doutorado para o aprimoramento e aperfeiçoamento do convênio”, disse Wyllys. Segundo ele, agendou-se a discussão sobre a possibilidade de se abrir novas vagas para mestrado e doutorado já em 2019. “Nosso foco para 2018 fica no acompanhamento das teses de doutorado que estão em fase de finalização e nas dissertações que começarão a ser construídas a partir do 2º Semestre de 2018”, concluiu o gestor.

Protocolos

No final da reunião foram assinados dois protocolos: o primeiro, junto ao doutorado, prorroga até outubro de 2018 a concessão dos descontos de acordo com o que foi planejado no início da cooperação em 2012 e ainda trata da recepção de quatro pós-doutorandos que atuam no IFRN como coordenadores acadêmicos; o segundo trata de um termo aditivo ao convênio que formaliza a oferta de mestrado. O aditivo contempla a participação dos professores do IFRN em bancas de mestrado e doutorado da Uminho, a publicação acadêmico-científica e a realização, em parceria, de eventos acadêmicos científicos e tecnológicos.

Para Auridan, a oferta aos servidores é excelente: “Vim com parte de minha equipe para conhecer o processo, que vínhamos gerenciando de longe. Aqui pudemos corrigir rumos”, disse. A comitiva ficou responsável por dar suporte aos servidores, tanto na interlocução junto a UMinho, quanto no acolhimento e acompanhamento, além de promover a integração com os gestores, técnicos e docentes da Universidade. “Conhecer os dirigentes, docentes e não docentes da UMinho, de forma presencial, está sendo um diferencial. Abrem-se portas e facilita o fluxo processual”, complementou o diretor.

Relevância - depoimentos

Para Ana Márcia Melo de Carvalho, assistente em Administração, “é uma oportunidade ímpar. Estamos participando de diversos cursos e seminários que nos ajudará na elaboração de nossa dissertação. Assistimos defesas de mestrado e doutoramento para ver como devemos nos comportar quando for nossa vez. Já Michel Madson, técnico de laboratório na Diretoria Acadêmica de Gestão e Tecnologia da Informação, considera a experiência como extremante enriquecedora “tanto academicamente como socialmente, pois aprendemos um conhecimento complementar ao que já nos foi ensinado no Brasil. E crescemos como indivíduos por causa dessa imersão numa cultura diferente, nos elevando intelectualmente e gerando possibilidades”, concluiu.

Ações do documento

Tags: , ,
Página em carregamento