Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Geradores fotovoltaicos dos campi Natal-Zona Norte e Nova Cruz entram em operação
Energia solar

Geradores fotovoltaicos dos campi Natal-Zona Norte e Nova Cruz entram em operação

06/11/2017 - Até o final do ano, usinas de energia fotovoltaica estarão em funcionamento em todos os campi do IFRN

Geradores fotovoltaicos dos campi Natal-Zona Norte e Nova Cruz entram em operação

Usina fotovoltaica - Campus Natal-Zona Norte

Na última semana, foram acrescentados mais 305 kWp à capacidade de geração fotovoltaica do IFRN, após inspeções e autorizações da Companhia de Serviços Elétricos do RN (Cosern). "É mais um passo para atingirmos a nossa meta de cobertura total dos nossos campi e da Reitoria com usinas fotovoltaicas, o que gera economia para a Instituição e benefícios para o meio ambiente", comemorou o reitor do IFRN, professor Wyllys Farkatt Tabosa.

“Até o final do ano, todos os geradores adquiridos pelo IFRN devem estar em pleno funcionamento. Espera-se uma economia anual superior a R$ 1 milhão com o fornecimento de energia elétrica. Esse valor poderá ser destinado para cobrir outras demandas da Instituição, ao longo de pelo menos 25 anos da vida útil dos geradores fotovoltaicos implantados", explicou Franclin Róbias, engenheiro eletricista da Instituição.

NOVOS GERADORES

 

Na segunda-feira (3), entrou em funcionamento a usina fotovoltaica do Campus Zona Norte. Esse sistema é composto de um mini gerador de 83,4 kWp e um micro gerador de 27,8 kWp. O mini gerador foi montado sobre a cobertura do Bloco de Laboratórios (Bloco B), ocupando aproximadamente 472 m² com 315 painéis fotovoltaicos de 265 Wp, distribuídos em 4 inversores trifásicos de 20 kW da marca ABB. 

O micro gerador, por sua vez, foi montado sobre a cobertura do Bloco Administrativo/Salas de Aula (Bloco A), ocupando 157 m² com 105 painéis de 265 Wp, os quais fornecem energia para um inversor trifásico de 25 kW da marca SMA. Os dois geradores instalados somam 111,8 kWp, e podem juntos fornecer 174 kWh/ano para o sistema elétrico do Campus, o que deve representar 28% do seu atual consumo de energia elétrica e economia de R$ 59 mil no primeiro ano.

Na última sexta-feira (3) aconteceu a partida do gerador fotovoltaico do Campus Nova Cruz. O gerador do Campus Nova Cruz possui potência máxima de 83 kW e foi montado sobre o estacionamento da unidade de ensino. Esse equipamento tem potencial para fornecer anualmente 132 MWh, cobrindo cerca de 36% do consumo de energia elétrica desse Campus, com base no histórico de consumo dos últimos 12 meses. Isso representaria uma redução de despesa anual da ordem R$ 45 mil, no primeiro ano de funcionamento. Ao mesmo tempo, o Campus contribuirá para evitar a emissão de 11 toneladas CO2/ano na atmosfera terrestre.

AMPLIAÇÃO

Na terça-feira (31), o sistema de geração fotovoltaico do Campus Mossoró recebeu mais 55,6 kWp, elevando a potência do sistema para 139 kWp. Essa ampliação foi instalada sobre o Bloco de Aulas 3, ocupando a cobertura com 210 painéis FV de 265 Wp, em uma área de 315 m². Esses painéis foram distribuídos em 2 inversores trifásicos de 25 kW da marca SMA. Estima-se que a capacidade instalada em Mossoró possa fornecer 205 MWh/ano para atender a demanda de energia elétrica do Campus, o que eleva, de 13% para 20 %, a cobertura de energia renovável dessa unidade do IFRN, reduzindo R$ 69,7 mil da despesa anual com energia elétrica, no primeiro ano de funcionamento.

Na quarta-feira (1º) foi a vez de acionar a ampliação do sistema de geração FV do Campus Santa Cruz. Nessa unidade, foi implantado um micro gerador de 27,8 kWp, composto de 105 painéis FV de 265 Wp e um inversor trifásico de 25 kW da marca SMA. Os painéis foram montados sobre a cobertura do prédio principal, ocupando 157 m². Com a inclusão desse segundo gerador, a potência fotovoltaica instalada do Campus atingiu 111,8 kWp. Cerca de 33% da energia consumida no Campus virá de fonte renovável. A redução de despesa na fatura de energia poderá chegar a R$ 60 mil nos primeiros 12 meses.

Na sexta-feira (3), foi a vez de entrar em funcionamento a ampliação da usina fotovoltaica da Reitoria do IFRN, que possui um micro gerador. Foram instalados mais 27,8 kWp sobre a cobertura do Anexo II do prédio. Agora a Reitoria possui 84,2 kWp fotovoltaico instalados, com capacidade para produzir 134 MWh/ano, o que cobre 37% do atual consumo de energia.

VEM MAIS POR AÍ

O IFRN possui 18 das suas 21 unidades com geradores fotovoltaicos com potências variando de 50 kWp (Lajes e Parelhas) até 197 kWp (Campus Natal Central), atingindo a expressiva marca de 1,8 MWp de geração distribuída instalada em uma instituição pública. Todos esses geradores são conectados à rede (sem baterias), com adesão ao sistema de compensação de energia, conforme REN 482/2012 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Outros 3 campi da Instituição estão com geradores FV em fase de montagem: Apodi, Ipanguaçu e Macau, com previsão de conclusão até o final do ano.

 

 

Ações do documento

Página em carregamento