Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Estudante de especialização a distância realiza experimentos com baixo custo em escola pública de Marcelino Vieira
Química para todos

Estudante de especialização a distância realiza experimentos com baixo custo em escola pública de Marcelino Vieira

26/11/2019 - Arthur do Nascimento barateou os experimentos e transformou-os em ensaios práticos e de baixo custo

Estudante de especialização a distância realiza experimentos com baixo custo em escola pública de Marcelino Vieira

Os experimentos foram realizados com o apoio dos alunos

                                                                                Reportagem: Laurence Campos / Evandro Ferreira

Um balanço feito pela Diretoria Acadêmica do Campus Natal – Zona Leste aponta que, somente neste ano, 21 alunos de graduação e pós-graduação a distância apresentaram trabalhos em eventos nacionais e internacionais. Entre os vários projetos que foram expostos em congressos e seminários, um foi colocado em prática em uma escola pública de Marcelino Vieira. A iniciativa surgiu como resposta à dificuldade do poder público em montar laboratórios equipados em todas as unidades de ensino espalhadas pelo interior do RN.

Foi o que viu de perto o aluno Arthur Lopes do Nascimento, do curso de Especialização em Ensino de Matemática para o Ensino Médio, voltado para capacitar professores tanto de Matemática quando de áreas afins, como Química e Física. Para driblar a falta de estrutura da Escola Estadual Desembargador Licurgo Nunes, ele resolveu baratear os experimentos e transformá-los em ensaios práticos e de baixo custo. O projeto de popularização do conhecimento foi apresentado no VI Congresso Nacional de Educação (Conedu), realizado em Fortaleza (CE).

Conhecimento acessível para todos

A ação foi realizada com 25 alunos do 2º ano do Ensino Médio. Na primeira experiência, foi feita a preparação de quatro misturas, sendo três delas homogêneas (água e sal; gasolina e álcool; e água e açúcar) e uma heterogênea (água e areia). Esse experimento buscou identificar as percepções dos alunos a respeito da classificação das misturas como soluções e os componentes que as constituem: soluto e solvente.

Na segunda parte da atividade, foi elaborado um preparo de soluções distintas a respeito da quantidade de soluto, se era saturada, insaturada ou supersaturada. O propósito desse experimento foi identificar o aprendizado do aluno quanto a essas classificações, sendo necessária a habilidade de diferenciá-las para posteriormente classificá-las.

Após a realização da série de experimentos, as respostas elaboradas pelos discentes no teste de conhecimentos prévios foram analisadas, organizadas e categorizadas.

A iniciativa trouxe resultados positivos não apenas para os estudantes de Marcelino Vieira. Para Arthur, o ambiente acadêmico proporcionado pela especialização, que gerou a oportunidade de apresentação da iniciativa no VI Conedu, foi positivo para a sua trajetória acadêmica. “As apresentações foram por meio de mesa redonda. Então, além de discutir o meu trabalho, pude ver como os colegas vêm trabalhando em sala de aula. Foi um momento para se discutir melhorias no ensino do país”, reflete.

Apoio aos alunos da EaD

O alto número de trabalhos apresentados em eventos acadêmicos reflete a preocupação do IFRN com o desenvolvimento dos alunos dos cursos EaD. Para a professora Edneide Bezerra, coordenadora da Universidade Aberta do Brasil (UAB) no IFRN, o índice é fruto de um trabalho contínuo que busca agilizar os processos educacionais e oferecer apoio às ideias dos estudantes. “Com essa organização, nós pudemos atender a todas as solicitações de apoio que foram requeridas, o que gerou o saldo positivo no número de trabalhos aprovados e apresentados pelos nossos alunos”, explica.

Sobre o curso de especialização

O curso de especialização a distância em Ensino de Matemática para o Ensino Médio tem por objetivo a qualificação de professores com nível superior em Matemática e áreas afins, como Química e Física, que trabalhem, principalmente, na rede pública do Rio Grande do Norte, nos ensinos fundamental e/ou médio.

A especialização, coordenada pela professora Helenice Barbosa, propõe-se a contribuir para a elevação da qualidade da educação básica (em especial a pública), formando Especialistas através de um processo de apropriação e de produção de conhecimentos científicos e tecnológicos, capaz de contribuir com a formação humana integral e com o desenvolvimento socioeconômico da nossa região articulado aos processos de democratização e justiça social.

Ações do documento

Página em carregamento