Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Editora IFRN: resultados de estudos e investigações estão entre os novos títulos
Lançamento de obras

Editora IFRN: resultados de estudos e investigações estão entre os novos títulos

30/05/2018 - Conheça mais sobre as obras lançadas em junho

Editora IFRN: resultados de estudos e investigações estão entre os novos títulos

Uma das obras lançadas no dia 8 será: Práticas educativas na casa da vovozinha, de Creusa Ribeiro

A Editora IFRN, cumprindo o papel de disseminar conhecimento, lança no próximo dia 8 de junho, 18 obras fruto de editais e parcerias que foram feitas ao longo do ano de 2017.  Num evento que contará com a exposição das produções, o público convidado terá a oportunidade de interagir com os autores dos títulos, em formato impresso e/ou eletrônico, aprovados e editados pela Editora, que é parte da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (Propi). Além disso, haverá o lançamento dos dois volumes do Professus Litteratus 2017 e de obras fruto de parcerias com instituições locais.

A oportunidade de apreciar as obras numa circunstância que representa a consolidação dos momentos de seleção e editoração dos livros até a sua publicação é única. “Foram aproximadamente sete ou oito meses de trabalho, de editoração científica, e que agora a gente celebra nesse evento” comenta Darlyne Fontes, gestora da Coordenação da Editora (Coedi). A coordenadora comenta ainda que as expectativas para o evento estão altas: “É o terceiro evento que a gente organiza dando foco mais profissional. O nosso objetivo é, de fato, colocar a Editora na vitrine, ser um modelo aqui no estado ou fora dele para a Rede Federal de Ensino”.

Na primeira de uma série de três matérias, serão expostos breves resumos de seis dos títulos que serão publicados de forma impressa e digital (e-book). Confira:

Jaca: um estudo de sua química e uma resenha de sua história, de Adriano Martinez Basso e Maria de Fátima Vitória de Moura)

Expõe informações sobre as composições físico-química e mineral das sementes e das polpas desse fruto, além de relatar um pouco da origem e história da jaqueira no Brasil e no mundo.

Gestão de coleções em unidades informacionais, com organização de Josiane Mello e Josiana Florêncio V. Régis de Almeida)

Fruto do I Fórum de Gestão de Coleções em Unidades Informacionais, realizado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que contou com grandes nomes da área.

Design de livros didáticos digitais: considerações centradas no usuário, de Charles Bamam Medeiros de Souza

Relacionando princípios do aprendizado multimídia com orientações de design da experiência do usuário, Bamam tem o intuito de favorecer um pensamento projetual, tanto do designer quanto do professor conteudista.

Ser professor(a) universitário(a): o sensível, o inteligência e a motricidade, com organização de Terezinha Petrúcia da Nóbrega e Wagner Wey Moreira)

As experiências de um grupo de docentes universitários são a base para este título. Dividido em três partes, são abordadas a vivência para tematizar relações que constituem o ser professor, a pesquisa, a pós-graduação e outros temas.

Organização Escolar: entre o burocrático e o anárquico, um espaço contraditório de revelações, por Francisco das Chagas de Mariz Fernandes

O leitor terá a oportunidade de entrar em contato com conhecimentos vinculados à análise sociológica das organizações e suas características, com o intuito de discorrer sobre o estudo de investigação quanto ao funcionamento e à estruturação organizacional de um Instituto Federal (IF).

Práticas educativas na casa da vovozinha, por Creusa Ribeiro da Silva Lelis)

Produto de uma investigação que analisou as atividades desenvolvidas pela União Espírita Deus, Amor e Caridade - conhecida como Casa da Vovozinha.

Perfil da Obra

Uma das autoras com obra a ser lançada no dia 8, Creusa Ribeiro, autora de Práticas educativas na casa da vovozinha, conversou com a equipe da Assessoria de Comunicação e Eventos (Asce) da Reitoria:

“Trata-se de uma pesquisa de mestrado em educação, realizada na Universidade Federal da Paraíba, onde busquei analisar as atividades desenvolvidas por uma instituição espírita, chamada Casa da Vovozinha”, disse a pesquisadora. Segundo Creusa, o estudo constatou que todas as atividades desenvolvidas por esta instituição são consideradas educativas, entendendo educação como o desabrochar das virtudes inatas que existem no ser humano. Também verificamos que existia nessas atividades educativas, uma supremacia da educação do espírito versus a educação do corpo, o que denotava uma forte visão cartesiana, que separa o corpo do espírito”, disse.

A pesquisa foi realizada através de entrevistas e análise documental dos livros de ata e estatutos da instituição que, à época, contava 75 anos de existência. Foram 27 pessoas entrevistadas, dentre as quais, estavam um dos fundadores da instituição, atual presidente, além de trabalhadores voluntários que estavam na instituição há mais de dez anos. A Casa, ao longo desse período, tem servido de abrigo para senhoras de idade abandonadas por seus familiares.

Ações do documento

Página em carregamento