Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / CPA divulga edital de eleição para novos membros
processo eleitoral

CPA divulga edital de eleição para novos membros

15/10/2012 - Professores, técnicos e alunos podem se candidatar no período de 29 de outubro a 5 de novembro

CPA divulga edital de eleição para novos membros

A Comissão Eleitoral da CPA (Comissão Própria de Avaliação) divulgou hoje (15) o Edital de Convocação e Normas do Processo Eleitoral. As eleições para a escolha dos novos membros vai acontecer dia 20 de novembro, das 8h às 19h30, em todos os câmpus do IFRN. 

As inscrições de candidaturas deverão ser feitas a partir das 8h do dia 29 de outubro até as 18h do dia 5 de novembro. Poderão se candidatar a membros da CPA professores, técnicos administrativos e alunos, desde que em exercício (servidores) ou matriculados (alunos). Para se inscrever, é necessário entregar ficha própria (conforme modelo no Anexo I do Edital) no Setor de Protocolo do respectivo câmpus, respeitando o período de inscrição e o horário de funcionamento de cada unidade do Instituto.

No dia 12 de novembro, a Comissão Eleitoral publicará, em locais de ampla circulação de pessoas e neste site, a relação dos candidatos inscritos, por ordem alfabética e por câmpus.

A CPA é formada por uma comissão central e por comissões de cada câmpus. Cada uma delas é formada por dois representantes dos alunos; dois representantes dos professores; dois representantes do corpo técnico administrativo (sendo um membro da equipe técnico-pedagógica) e por dois representantes da sociedade civil organizada (indicados pelo Conselho Escolar nos Câmpus e pelo Conselho Superior na Comissão Central).

O objetivo da Comissão Própria de Avaliação é realizar a avaliação institucional aplicada a alunos, servidores e comunidade externa. Ela coordena e articula o processo interno de avaliação, bem como sistematiza e disponibiliza informações e dados. Os eleitos neste processo eleitoral vão cumprir um mandato de dois anos, podendo se reeleger para mais uma gestão.

"Através da CPA, além de atender ao objetivo principal que é oferecer os dados que o MEC considera determinantes para o acompanhamento da qualidade das Instituições de Ensino Superior, podemos contribuir para o avanço em ações democráticas. Os resultados obtidos na avaliação institucional por meio de pesquisas e entrevistas realizadas contribuirão para o planejamento e para a reorientação de rumos. A autoavaliação é um processo crítico e reflexivo que aponta o que queremos, o que poderemos realizar e como nos organizaremos em termos de ações administrativas e pedagógicas", declarou Nadja Maria Costa, membro atual da Comissão Própria de Avaliação.

 

Confira:

Edital de Convocação e Normas do Processo Eleitoral

Ações do documento

Página em carregamento