Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Conheça a Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional
Por dentro do IFRN

Conheça a Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional

16/02/2017 - Órgão executivo e sistêmico, a Prodes é o setor responsável pelas ações de curto e longo prazo da Instituição

Conheça a Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional

Da esquerda para a direita, Marcos Oliveira, pró-reitor, Solange Thomaz, Zeneide Oliveira e Carlos André de Oliveira.

Retomando a campanha “Por dentro do IFRN”, trazemos agora um raio-X de uma das mais importantes pró-reitorias do Instituto Federal do Rio Grande do Norte, aquela que é a responsável pelas ações futuras da Instituição, que planeja, coordena, fomenta e acompanha as atividades e políticas de gestão: a Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional (Prodes).

A Prodes, sendo órgão executivo e sistêmico, é dirigida pelo pró-reitor Marcos Oliveira, que tem, entre suas competências, atuar no "planejamento das políticas institucionais, buscando garantir a execução dos planos estratégicos e operacionais do Instituto", sempre em harmonia com o que diz o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), documento norteador das ações do IFRN. Cabe também à essa Pró-reitoria a elaboração, conjuntamente com a Pró-Reitoria de Administração, da proposta orçamentária anual da Instituição.

Na construção da última versão do PDI (2014/2018), por exemplo, a coordenação geral do processo de elaboração do documento coube à Prodes que, inicialmente, submeteu ao Colégio de Dirigentes (Codir) do IFRN o projeto de escrita do texto, que trazia a base do Plano, além do calendário de atividades. Numa segunda fase de produção, foi adotada a estratégia de descentralização das tarefas, ao serem formadas comissões de trabalho com diferentes atribuições. Essa, segundo o texto do próprio PDI, foi a forma de garantir que a produção fosse coletiva e, assim, pudesse ser representativa das contribuições da comunidade que faz o Instituto.

Mas não só de planejamento vive a Prodes. É dela a função de trabalhar para o Desenvolvimento Institucional. Assim, outras competências dessa Pró-Reitoria são:

·       Colaborar com a Reitoria na promoção de equidade institucional entre os campi, quanto aos planos de investimentos do Instituto;

·       Coordenar a elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional e, anualmente, o Plano de Ação institucional;

·       Coordenar as atividades de gestão das informações, infraestrutura, relatórios e estatísticas da Instituição;

·       Estudar e propor alternativas organizacionais, visando ao constante aperfeiçoamento da gestão do Instituto, bem como atuar na articulação da Reitoria com os campi;

·       Zelar pelo cumprimento, por todos os campi, das metas definidas nos planos do Instituto; e

·       Representar o IFRN nos foros específicos da área, quando se fizer necessário.

Setores

Subdividida em uma assessoria e duas coordenações, a Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional do IFRN conta com cinco servidores e uma estagiária de administração. Seus setores são:

Coordenação de Planejamento e Avaliação

A coordenação está sob a responsabilidade do economista Carlos André de Oliveira. Acompanhar, analisar, fornecer subsídios, reunir informações, realizar propostas, propor melhorias nos sistemas: a lista de ações dessa coordenação é longa.

Compete a ela, entre outros: com vistas ao cumprimento dos limites estabelecidos no Plano de Ação de cada campus, acompanhar os recursos descentralizados aos campi, coordenar a operacionalização do planejamento anual no Sistema Unificado de Administração Pública (SUAP), realizar proposta orçamentária para atendimento de projetos de infraestrutura submetidos pelos campi. É dela, ainda, a responsabilidade de reunir informações sobre as ações realizadas no exercício anterior para elaborar, em conjunto com a Coordenação de Avaliação de Indicadores Institucionais, o Relatório de Gestão anual.

Coordenação de Monitoramento de Projetos

Coordenada pela estatística Solange Thomaz. tem por finalidade construir e avaliar indicadores de desempenho, com o objetivo de sinalizar e/ou propor à administração ações efetivas referentes ao planejamento e à tomada de decisões. É dela a função de coordenar e articular, em conjunto com a Comissão Própria de Avaliação (CPA) e a Diretoria de Avaliação e Regulação do Ensino (Diare), órgão vinculado à Pró-Reitoria de Ensino (Proen), atividades inerentes à avaliação e autoavaliação institucional. Junto à Coordenação de Planejamento e Projetos, o setor trabalha na produção do Relatório de Gestão anual. Já em parceria com a Coordenação de Sistemas de Informação, setor ligado à Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação (DIGTI), elabora (além de manter e melhorar a funcionalidade) um painel de monitoramento de indicadores institucionais em ambiente próprio no SUAP, fornecendo aos gestores do Instituto informações atualizadas. Cabe, por fim, à Coordenação de Monitoramento de Projetos a assessoria de natureza estatística para os demais setores institucionais.

A Prodes conta ainda com a contribuição da servidora Zeneide Oliveira, que respondeu pela auditoria interna do IFRN no período de 2008 a 2016, e com a estagiária de Administração Anelly Ortiz.

Funcionando no 1º andar da Reitoria do IFRN, o setor pode ser contatado pelos telefones listados abaixo:

 

Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional – Prodes

Área de Vinculação

Gestão estratégica

Setores filhos

Assessoria de Organização e Métodos (ASOM)

Coordenação de Planejamento e Avaliação (COPLAV)

Coordenação de Monitoramento de Projetos (COMPRO)

Telefones

4005-0752

4005-0756

4005-0868

 

 

Ações do documento

Página em carregamento