Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Concurso sobre tecnologias sociais premiará professores dos Institutos
Aprender e ensinar

Concurso sobre tecnologias sociais premiará professores dos Institutos

19/09/2012 - Vencedores vão participar do Fórum Mundial Social 2013, que acontece na Tunísia

Concurso sobre tecnologias sociais premiará professores dos Institutos

Banner de divulgação do Concurso Aprender e Ensinar

A Revista Fórum e a Fundação Banco do Brasil estão promovendo o 3º Concurso Aprender e Ensinar - Tecnologias Sociais. O objetivo é premiar os professores que incentivaram seus alunos ao uso de soluções simples, de baixo custo, capazes de promover transformações sociais.

O concurso é destinado a professores da Educação Básica, vinculados à rede pública, Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia ou escolas técnicas públicas. Também podem participar professores de espaços não formais de educação, como Educação de Jovens e Adultos (EJA) e ONGs, que desenvolvam atividades em escolas públicas ou institutos federais.

Para se inscrever, basta acessar este link. Seis professores vão ser premiados: um de Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia e um de cada região do Brasil (Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte). Os seis vão participar do Fórum Social Mundial de 2013, na Tunísia, onde vão divulgar suas tecnologias premiadas, em um seminário organizado pela revista Fórum e pela Fundação Banco do Brasil.

Vão ser selecionados ainda 64 finalistas, que vão a Brasília participar de seminário sobre tecnologia social na educação, em dezembro, com as despesas pagas pelo concurso. Os finalistas ainda receberão um tablet e um troféu. Todos os professores que se inscreverem no concurso ganharão assinatura da Revista Fórum até abril de 2013, o livro sobre Geração de Trabalho e Renda, e passarão a integrar a rede de educadores Aprender e Ensinar. 

Esta é a terceira edição do concurso que busca reconhecer, apoiar e disseminar o uso de tecnologias sociais na educação. Nas duas primeiras edições do concurso, eram premiados cinco
educadores de escolas públicas, um de cada região do País. Neste ano,
foi criada a categoria para professores de institutos federais.

Tecnologia Social

O objetivo das tecnologias sociais é o desenvolvimento local. São iniciativas que podem ser reaplicadas em qualquer lugar. Nelas, a comunidade é protagonista. Entre as premiadas nas edições anteriores, estão a construção de um forno solar; uma horta de ervas medicinais feita por alunos, professores e comunidade; a criação de uma moeda verde para troca de materiais recicláveis; um programa de inclusão de crianças surdas por meio da Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Faça sua inscrição

Ações do documento

Página em carregamento