Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Alunos do IFRN participam da maior feira internacional para pré-universitários
CAMPUS NATAL-ZONA NORTE

Alunos do IFRN participam da maior feira internacional para pré-universitários

08/05/2014 - A Intel ISEF 2014 vai acontecer de 11 a 16 de maio, em Los Angeles, Estados Unidos

Alunos do IFRN participam da maior feira internacional para pré-universitários

O projeto tem sido desenvolvido no Campus desde 2013

Os alunos do curso técnico em Eletrônica do Campus Natal-Zona Norte foram escolhidos na 28ª MostraTec (Mostra Brasileira de Ciência e Engenharia) para representar o Brasil na Intel ISEF 2014, maior feira tecnológica internacional destinada a alunos pré-universitários, que vai acontecer de 11 a 16 de maio, no Los Angeles Convention Center, nos Estados Unidos.

Os estudantes Allyson Borges, Caio Azevedo e Joatã Oliveira desenvolveram ao longo deste último ano o projeto de pesquisa “ECO Brise: Conforto e Eficiência Energética para Ambientes”, mediante orientação do professor Marcus Vinicius Fernandes e co-orientação do professor Aécio Vinicius Farias. 

O grupo desenvolveu um brise-soleil, dispositivo inovador para ser acoplado às janelas de peças submetidas à claridade excessiva, de modo a evitar incidência direta da luz solar em determinados ambientes. O equipamento é diferenciado por sua capacidade de ajustar a luminosidade dos locais de forma automática, utilizando a luz solar como fonte de energia. 

A lógica de funcionamento automático do dispositivo, além de inteligente e ecologicamente correta, é simples: as células fotovoltaicas absorvem a energia solar e alimentam o motor de movimentação das aletas. Quanto maior for a incidência de raios solares, mais o brise-soleil irá fechar.  Dessa forma, o ambiente escolar estaria sempre com a luminosidade perfeita para que alunos e professores tenham máximo rendimento durante as aulas.

Os estudantes contam que o trabalho iniciou quando perceberam que poderiam utilizar a pesquisa científica para melhorar a qualidade das aulas: “O projeto teve origem através da observação do comportamento dos alunos e professores nas salas de aula do Campus, diante da forte incidência solar que gerava calor e ofuscamento, atrapalhando o rendimento dos alunos e ofuscando o professor no uso do quadro-branco.”

Depois de apresentar a pesquisa em três feiras nacionais, os alunos falam sobre como está sendo a preparação para representar o Brasil na Intel ISEF 2014: “A nossa perspectiva é fazer o nosso melhor, apresentar um projeto adequado e inovador para conferência. O desafio para o grupo é o tempo para recriação do projeto de uma maneira mais apresentável, criação do relatório e apresentação do projeto em inglês visando ter coerência e competência em tudo que for escrito ou falado". 

“Ser selecionado para participar da Intel ISEF foi fantástico, por não esperarmos uma premiação tão grandiosa, provando assim o potencial do nosso projeto. Em reuniões com o nosso orientador, tivemos a oportunidade de conhecer um pouco sobre a conferência e por ser reconhecida mundialmente, por muito tempo foi de nosso interesse conhecê-la. É uma realização imensa para um aluno pesquisador obter um credenciamento para uma conferência desse porte”, comemoram os jovens pesquisadores.

A feira reúne mais de 1.600 dos mais promissores e inovadores jovens cientistas do mundo, dos quais 34 são brasileiros, sendo 3 do Campus, que apresentam seus projetos independentes de ciências e concorrem a US$ 4 milhões em bolsas de estudos e prêmios. O resultado será divulgado no dia 16 de maio.

Ações do documento

Página em carregamento