Você está aqui: Página Inicial / Campi / Pau dos Ferros / Notícias / Graduandos da Licenciatura Plena em Química podem se inscrever em Programa de Residência Pedagógica
PROEN

Graduandos da Licenciatura Plena em Química podem se inscrever em Programa de Residência Pedagógica

02/07/2018 - Prazo de inscrição segue até a próxima quarta-feira (4)

Graduandos da Licenciatura Plena em Química podem se inscrever em Programa de Residência Pedagógica

Duração da bolsa é de 18 meses.

Graduandos do curso de Licenciatura Plena em Química têm mais uma oportunidade para incrementar o seu aprendizado, desta vez, através do Programa Institucional de Residência Pedagógica, associado ao Edital MEC/CAPES - Nº 6/2018.


O Programa de Residência Pedagógica objetiva, entre outros pontos, aperfeiçoar a formação dos discentes de cursos de licenciatura, por meio do desenvolvimento de projetos que fortaleçam a sua prática e o conduzam a exercitar a relação teoria e prática profissional docente utilizando coleta de dados e diagnóstico sobre o ensino e a aprendizagem escolar, entre outras didáticas e metodologias.


As inscrições devem ser feitas no período de 29 de junho a 4 de julho de 2018, através do e-mail: ulysses.vieira@ifrn.edu.br . O  (a) interessado (a) deve preencher o assunto do e-mail como "Inscrição para RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA", devendo anexar os documentos listados no item 8.3 do edital.


O valor da bolsa de iniciação à docência está fixado em R$ 400,00 (quatrocentos reais) mensais, a ser concedida pela CAPES. A duração do Programa é de 18 meses. Para pleitear a bolsa, o (a) graduando (a) deve atender aos critérios estabelecidos no item 7 do edital.


O resultado parcial da seleção deverá ser divulgado na sexta-feira (6), no mural do curso de Licenciatura Plena em Química. Já o resultado final, deverá ser publicado na segunda-feira (9), também no mural.


Acesse:

EDITAL Nº 19/2018 PROEN/IFRN (RETIFICADO)


Sobre:
A Residência Pedagógica é um Programa concebido pelo Ministério da Educação atendendo às atribuições legais da CAPES (Fundação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) conferidas pela Lei Nº 8.405, a fim de implementar projetos inovadores que estimulem articulação entre teoria e prática nos cursos de licenciatura em parceria com as redes públicas de educação básica e de acordo com as normas do Edital CAPES Nº06/2018, da Lei nº 8.666 de 21 de junho de 1993, da Lei 9.784, de 29 de janeiro de 1999, da Lei 13.473 de 08 de agosto de 2017, do Decreto 8.752, de 09 de maio de 2016, Resolução CNE/CP nº 02/2015, de 1º de julho de 2015 da Portaria Capes nº 38 de 28 de fevereiro de 2018 e demais dispositivos aplicáveis à matéria.

Ações do documento

Página em carregamento