Você está aqui: Página Inicial / Campi / Pau dos Ferros / Notícias / Alunos do Campus conquistam 2 medalhas em fase regional da Olimpíada Brasileira de Robótica
RECONHECIMENTO

Alunos do Campus conquistam 2 medalhas em fase regional da Olimpíada Brasileira de Robótica

09/09/2015 - Evento aconteceu no último sábado, 5, em Natal-RN

Alunos do Campus conquistam 2 medalhas em fase regional da Olimpíada Brasileira de Robótica

Acadêmicos do Campus Pau dos Ferros durante a fase regional/estadual.

Aconteceu neste último final de semana, na UFRN, em Natal, a etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica, a OBR. O Campus Pau dos Ferros do IFRN participou, através 15 alunos, com projetos orientados pelos professores Bonfim Aquino e Luis Rodrigues.


Os alunos participantes cursam os 2ºs e 3ºs anos do curso técnico integrado em Informática e foram distribuídos em cinco equipes. Foram cinco robôs produzidos, entre os quais renderam duas premiações: medalha de "Robô mais inovador" e "Robô mais elegante".


A competição da etapa regional/estadual consistiu em uma simulação de resgate de uma vítima, só que feita por robôs, produzidos pelos estudantes. Durante o percurso, o robô enfrentou desafios e obstáculos, devendo colocar a vitima em um local seguro, localizado em uma área de evacuação.


O professor orientador e coordenador de Pesquisa e Inovação do Campus, Bonfim Aquino, comenta a importância do projeto, pois ao longo do desenvolvimento, os alunos puderam incrementar suas habilidades em diversas disciplinas do curso técnico em Informática, como eletrônica, programação, raciocínio lógico, física, matemática, entre outras. "É evidente o quanto a robótica pode contribuir como ferramenta educacional, pois garante  interdisciplinaridade de forma lúdica e eficiente, já que os alunos aprendem 'brincando'.", comenta Bonfim.


A participação em projetos e eventos como a OBR possibilita aos alunos maior interação e aprofundamento com a área. "Antes de participar do projeto da produção dos robôs, alguns alunos ainda não se identificavam tanto com o curso técnico de Informática. Com o envolvimento, eles perceberam, na prática, o que um técnico em informática pode ser capaz de desempenhar e passaram a ter mais afinidade com a área", conclui Bonfim.


Para um dos alunos participantes, Jilcimar Fernandes, a experiência na Olimpíada Brasileira de Robótica valeu a pena: "Foi uma experiência inesquecível, onde eu consegui conhecimentos que eu não conseguiria somente nas disciplinas normais do curso. A gente buscou fora, além da sala de aula. Foi um aprendizado muito grande. A OBR incentiva muito, pois temos o nosso conhecimento das disciplinas do curso técnico colocados em prática.", relata Jilcimar.


Parabenizamos todos os envolvidos pela participação e resultados.


A OLIMPÍADA*
"A Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) é uma das olimpíadas científicas brasileiras apoiadas pelo CNPq que utiliza-se da temática da robótica – tradicionalmente de grande aceitação junto aos jovens – para estimulá-los às carreiras científico-tecnológicas, identificar jovens talentosos e promover debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro. A OBR destina-se a todos os alunos de qualquer escola pública ou privada do ensino fundamental, médio ou técnico em todo o território nacional, e é uma iniciativa pública, gratuita e sem fins lucrativos."
*Informações do site da OBR.

Ações do documento

Página em carregamento