Você está aqui: Página Inicial / Campi / Natal - Zona Norte / Notícias / Campus prepara lançamento de Núcleo de Extensão e Prática Profissional
EXTENSÃO

Campus prepara lançamento de Núcleo de Extensão e Prática Profissional

18/05/2017 - Batizado de Studio Criativo, projeto vai trazer benefícios a alunos, servidores e comunidade

Campus prepara lançamento de Núcleo de Extensão e Prática Profissional

Studio Criativo conta em sua formação com alunos e professores das áreas de Informática, Gestão e Negócios e Marketing

O mês de maio vai chegando ao fim para o Campus Natal - Zona Norte com mais uma novidade. Além da criação da Agência Web Escolar (AWE), um grupo formado por professores e alunos deve lançar na escola, em breve, o NEPP – Núcleo de Extensão e Prática Profissional. O projeto recebeu o nome de Studio Criativo.

Contudo, antes do lançamento oficial do projeto, o grupo visitou o Campus Natal - Cidade Alta, na quarta-feira (17), para trocar experiências e conhecer o Execult - Núcleo de Prática Profissional em Cultura, Turismo e Lazer. Coordenado pelo servidor Victor Varela Ferreira, o Núcleo oferece oportunidades de estágios e empregos e busca formar e orientar profissionalmente futuros trabalhadores, gestores e empreendedores. 

Na ocasião, o que mais chamou a atenção da equipe, nesse projeto, foi o fato de ele ter sido implantado no IFRN antes de haver uma política institucional de fomento a projetos dessa natureza. "Durante a visita, percebemos o quanto é importante a prática da extensão nas instituições de ensino", ressaltou o professor Cesimar Xavier, membro do Studio Criativo.

O educador revelou também a satisfação de poder fazer parte do grupo que vai iniciar as atividades do NEPP no âmbito do Campus. "Após observar o bom trabalho dos colegas do Execult, vimos que estamos no caminho certo", concluiu.

Além de Cesimar, participaram da reunião os professores Denise Cristina Momo e Francisco Iranylson Brito, coordenadora e membro do Núcleo a ser implementado, respectivamente; os alunos de Informática para Internet e bolsistas da AWE, Kalyane de Oliveira e Lucas Medeiros; e os bolsistas do Studio, Ana Beatriz Costa, Daniela Santana, Erivan de Amorim, Fernando de Sousa, Flawber de Freitas (Tecnologia em Marketing) e Augusto César Oliveira (Licenciatura em Informática).

 

O Studio Criativo

O projeto consiste na criação de um ambiente propício à aplicação dos conhecimentos técnicos adquiridos nos cursos superiores de Marketing e Licenciatura em Informática, por meio do desenvolvimento da prática profissional. A proposta é prestar serviços gratuitos à comunidade, de modo a ampliar a oferta de prática profissional para os alunos do Campus, sob orientação de professores da área, em atividades relativas à sua formação profissional, contribuindo assim para o aperfeiçoamento e a ampliação dos conhecimentos das atividades do processo de ensino-aprendizagem. 

De acordo com a coordenadora Denise Momo, o Studio Criativo será um espaço de práticas, experiências e aprendizagens. "Ele vai ser capaz de propiciar a vivência de geração de soluções que supram as necessidades da comunidade, sobretudo da Zona Norte, na qual está inserida uma enorme demanda reprimida de empreendedores informais, de microempreendedores individuais e de pessoas com empreendimentos de economia solidária, que não dispõem de serviços de apoio a seus empreendimentos no que diz respeito a ferramentas tecnologia da informação e de consultoria especializada em gestão e marketing", comentou.

Para a professora, será importante a participação de estudantes de Licenciatura em Informática e Marketing no NEPP, pois eles possuem habilidades necessárias para prestar serviços de consultoria e de treinamento para estimular a criação de outros projetos com enfoque em gestão de estoque, rotinas administrativas e controle de vendas, ampliando a capacidade de gerenciamento desses empreendedores. "Os alunos terão a chance de ampliar os seus conhecimentos e desenvolverem o seu potencial, visto que vão estar envolvidos em um ambiente voltado à prática de desafios em uma atmosfera propícia à criação de perspectivas na resolução de problemas da comunidade", completou.

Na visão de Cesimar, a criação do Studio Criativo vai ao encontro da função social do Instituto, no que se relaciona com ensino, pesquisa e extensão. "Teremos professores, alunos e comunidade interagindo. Nesse processo, o primeiro a ser beneficiado será o aluno, que vai aplicar e resignificar o seu processo de ensino-aprendizagem; em seguida, os professores, que vão propiciar a pesquisa e a extensão aos alunos. Por fim, a comunidade, que através das ações de extensão vai fortalecer a sua identidade na região na qual está inserida".

 

Conteúdo relacionado:

05/05/2017 - Projeto Agência Web Escolar recebe visita de representantes da UERN

Ações do documento

Página em carregamento