Você está aqui: Página Inicial / Campi / Natal - Central / Notícias / Posse do primeiro Conselho Escolar do Campus Central do IFRN marca o dia 1º de março
Gestão Democrática

Posse do primeiro Conselho Escolar do Campus Central do IFRN marca o dia 1º de março

02/03/2013 - Membros são pais, alunos, professores, servidores administrativos e representantes da sociedade civil

Posse do primeiro Conselho Escolar do Campus Central do IFRN marca  o dia 1º de março

Membros titulares e suplentes do Conselho Escolar do Campus Central. Foto: Arilene Lucena

Na manhã dessa sexta-feira, 1/03, ocorreu a posse do primeiro Conselho Escolar do Campus Natal Central do IFRN. O evento aconteceu no auditório do campus, às 8h, com a presença de membros representantes de vários segmentos da comunidade: pais, alunos, docentes, servidores administrativos, empresas e egressos. O objetivo do conselho é contribuir com a gestão através de propostas para as demandas da comunidade acadêmica.

O encontro teve a presença do Reitor, professor Belchior de Oliveira Rocha, e do Diretor Geral do Campus Natal Central, professor José Arnóbio de Araújo Filho. "É a concretização de uma instância que entendo como uma das mais importantes para a atividade escolar. Estou muito feliz com a participação de todos vocês que, de forma voluntária, vieram para contribuir com a formação de seus filhos, de seus netos. Obrigado".

De acordo com o Reitor Belchior de Oliveira, o papel de cada um é essencial para a vida institucional. "É uma satisfação tê-los nesse momento tão importante. É o primeiro Conselho Escolar do Campus enquanto Instituto Federal. Um conselho instituído de deliberação para uma gestão democrática entre pais, alunos, docentes e servidores administrativos. É preciso estar presente na vida institucional. Somente conhecendo, vendo além dos pontos fortes, as fragilidades, é que podemos contribuir enquanto sociedade civil".

Sociedade civil que passa a fazer parte do novo conselho escolar e começa a desenhar uma história que o tempo não apaga, como relatou a pedagoga Nina Souza. "Comecei a rememorar ontem minha trajetória aqui na escola. Em 95, fiquei impressionada com a organização da Instituição, lembro-me bem disso. Vi que as pessoas dialogam com a gestão, com quem está hierarquicamente superior, desde aquela época. É uma cultura gestada aqui na escola. Um escola reconhecida na sociedade pela contribuição, por ser de boa qualidade para os filhos dos trabalhadores e hoje, para os filhos de todos. Honra-me estar, fazer parte de uma escola assim. Os nossos nomes vão estar lá como membros do primeiro conselho escolar, do já IFRN. Isso não se apaga, não há como apagar da memória das pessoas".

Pessoas cujo sonho remete à escola desde muitos anos, caso do representante dos pais no conselho escolar. "Durante muito tempo sonhei em ver meu filho estudando aqui. Não importa o nome, CEFET, Escola Técnica, IFRN. É importante então que hoje nós que entramos aqui sejamos não um ponto final, mas um vírgula ou quem sabe três pontinhos. Nós temos a missão de fazer um Instituto diferente, ainda melhor. Podemos fazê-lo ainda melhor. Agradeço a Deus primeiramente e me coloco à disposição para trabalhar para que possamos fazer uma boa caminhada".

Um caminho cujos passos de cada um são decisivos para a estrada coletiva. Segundo a Diretora de Ensino, Tânia Costa, a participação efetiva e realmente ativa é "assumir não só os acertos, mas sim construir juntos aquilo que precisa ser construído".

 

Ações do documento

Comentários (0)

Página em carregamento