Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Em busca de novos parceiros para o desenvolvimento da Educação Profissional
CONIF

Em busca de novos parceiros para o desenvolvimento da Educação Profissional

19/02/2013 - Missão de reitores à instituições de ensino alemãs e inglesas amplia possibilidades de mobilidade de alunos da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica.

Em busca de novos parceiros para o desenvolvimento da Educação Profissional

Reunião com o corpo diretivo do Hammersmith College

O reitor do IFRN, Belchior de Oliveira Rocha, classificou como bastante positiva a missão do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) à Alemanha e Inglaterra, realizada entre os dias 29 de janeiro e oito de fevereiro passados.

A missão foi composta por 12 reitores de Institutos Federais e seus respectivos assessores.  O reitor do IFRN  viajou acompanhado pelo  assessor de Relações Internacionais do Instituto, professor Marcelo Camilo.

O objetivo da missão é buscar novas parcerias para que os Institutos Federais de Educação aumentem as oportunidades  de intercâmbio acadêmico e científico para seus alunos e servidores nas Universidades de Ciências Aplicadas da Alemanha (Hochschules) e  nos Colleges Ingleses.

Durante os nove dias da missão, os participantes visitaram diversas instituições de ensino, como as Universidades de Ciências Aplicadas de Munique e de Würzburg-Schweinfurt; o  Câmpus Hammersmith do College Ealing e o centro de Rugby do Warwickshire College, que tem outros cinco centros de excelência em Educação Profissional e Treinamento.

Os reitores foram recebidos também no Ministério das Competências Profissionais (equivalente à Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação brasileiro).  O Ministro das Competências Profissionais, Dr. Matthew Hancock, falou  sobre a importância da Cooperação Reino Unido/Brasil, dizendo que, além do Ciência sem Fronteiras, a Inglaterra está interessada em fazer com o Brasil o Programa “Skills Without Borders”, específico para a  educação profissional.

Para o reitor do IFRN, entre as discussões mais importantes promovidas pela missão foi sobre a formação dual.  “Nesse tipo de formação, o aprendizado dos alunos de cursos de tecnologias e engenharias se dá não apenas nas instituições de ensino como também nas empresas, vivenciando o mundo do trabalho e desenvolvendo, na prática, as tarefas da futura profissão”. Explicou o reitor, que está otimista em relação ao desdobramento, em ações efetivas, das visitas realizadas pela missão.   

Ações do documento

Página em carregamento