Você está aqui: Página Inicial / Extensão / Curricularização da Extensão

Curricularização da Extensão

Curricularização da Extensão no IFRN
 
 A EXTENSÃO NO IFRN


A Extensão é uma das dimensões finalísticas dos Institutos Federais, segundo a Lei nº 11.892/2008, que institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (EPCT) e cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Ainda que a referida lei não traga explicitamente o princípio da indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão, que estrutura o projeto pedagógico institucional das universidades, fica definido que, para efeitos da "regulação, avaliação e supervisão das instituições e dos cursos de educação superior, os Institutos Federais são equiparados às universidades federais". 

Além disso e de modo específico, o IFRN, no Documento-Base de seu Projeto Político-Pedagógico, incorporou o Princípio da Indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão em nossas concepções, políticas e práticas educativas. No Regulamento de Atividades de Extensão do IFRN, esta última foi definida como "um processo educativo, cultural, político, social, científico e tecnológico que promove a interação dialógica e transformadora entre as instituições e a comunidade externa, levando em consideração a territorialidade." 

Conheça um pouco mais sobre a Extensão na Rede Federal de EPCT e no IFRN no e-book: LOPES, Régia Lúcia; ALMDEIDA, Renato Tannure Rotta (org.). 10 anos de extensão de Rede Federal de Educação Profissional. Campos dos Goytacazes, RJ: Essentia, 2021

MAS, AFINAL, O QUE É A CURRICULARIZAÇÃO DA EXTENSÃO?


A Curricularização ou Inserção Curricular da Extensão é o processo de planejamento, implantação e efetivação de atividades de extensão como dimensão obrigatória dos cursos promovidos pelas instituições educacionais. 

O tema apareceu oficialmente, pela primeira vez, na Lei nº 10.172/2001, que aprovou o Plano Nacional de Educação 2001-2004, especificamente no item 23 do Objetivos e Metas da Educação Superior (4.3), delimitando essa obrigatoriedade apenas para os cursos de graduação. Não havendo sido efetivada, contudo, a curricularização da Extensão nos cursos superiores de graduação voltou a ser projetada no Plano Nacional de Educação (PNE) 2014-2024, aprovado pela Lei nº 13.005/2014, especificamente na estratégia 7 da Meta 12: “assegurar, no mínimo, 10% (dez por cento) do total de créditos curriculares exigidos para a graduação em programas e projetos de extensão universitária, orientando sua ação, prioritariamente, para áreas de grande pertinência social”.

Em 2018, a Resolução nº 07/2018-CNE/CES regulamentou a referida meta e instituiu diretrizes gerais para a curricularização da Extensão em cursos superiores de graduação de todo o país. O documento estabeleceu como prazo para sua efetivação o dia 18 dezembro de 2021, prorrogado até 18 de dezembro de 2022 em razão da pandemia de Covid-19, como consta na Resolução nº 01/2020-CNE/CES.

Banner Seminário Curricularização da Extensão no IFRN

COMO ESTAMOS CONSTRUINDO A CURRICULARIZAÇÃO DA EXTENSÃO NO IFRN?


A curricularização da Extensão nos cursos superiores de graduação do IFRN constitui ação institucional de prever nos projetos pedagógicos de curso atividades de extensão, as quais devem ser especificadas, compor carga-horária estudantil obrigatória de, no mínimo, 10% da carga-horária total do curso, fazer parte da matriz curricular e ser implantadas e efetivadas com a participação de servidores e estudantes. Na matriz curricular, as atividades de extensão devem ser integradas a componentes curriculares previstos pelo projeto pedagógico de curso (PPC), em conformidade com as possibilidades de componentes instituídas pelo Projeto Político-Pedagógico (PPP) e pela Organização Didática do Instituto.

No IFRN, as pró-reitorias de Extensão e de Ensino têm discutido e articulado algumas iniciativas sobre o tema desde 2019. Seguindo as Diretrizes para a Curricularização da Extensão na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, publicadas no dia 06 de agosto de 2020, instituiu-se a Comissão Central de Curricularização da Extensão em 2021, a qual propôs um conjunto de ações para viabilizar esse processo na Instituição, entre as quais o Seminário Curricularização da Extensão no IFRN, nos dias 22 e 23.07.21. Para planejar e organizar essas ações, delineou uma Proposta Metodológica para Curricularização da Extensão na Instituição e seu respectivo cronograma, estruturados em três etapas, as quais, sinteticamente, possuem as seguintes ações:

1) SENSIBILIZAÇÃO - formações e discussões sobre a curricularização da Extensão para construção coletiva e democrática das diretrizes do IFRN, por meio dos debates da comissões temáticas, comitês institucionais, eventos e reuniões nos campi, com base na minuta de resolução da curricularização da Extensão no IFRN construída pela Comissão Central.

2) IMPLANTAÇÃO
- aprovação das diretrizes para curricularização da Extensão no IFRN pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão do IFRN (CONSEPEX) e pelo Conselho Superior (CONSUP), eventuais adequações no SUAP, atualização e criação de projetos pedagógicos de cursos (PPC) com base nas diretrizes aprovadas e implantação das novas matrizes e componentes curriculares no SUAP.

3) EFETIVAÇÃO - mediação e integralização contínua de componentes curriculares integrados às atividades de Extensão, avaliação do processo de curricularização no conjunto da avaliação os cursos e formação continuada sobre temas inerentes à curricularização da extensão. 

Esta construção somente tem sentido com a participação de servidoras, servidores, estudantes e da sociedade potiguar! 

As contribuições para a minuta de resolução sobre a Curricularização da Extensão no IFRN devem ser encaminhadas por meio de envio único do campus ou da Reitoria do IFRN, a partir de um processo de construção coletiva realizado por meio de reuniões e/ou outras formas de articulação.

Se você é responsável pelo envio das contribuições para a minuta de resolução – Diretor ou Coordenador(a) de Extensão, Diretor(a) Acadêmico, Diretor de Ensino, Coordenador(a) de Curso ou Servidor(a) da Equipe Técnico-Pedagógica –, preencha nosso FORMULÁRIO ELETRÔNICO até o dia 20.08.2021 (novo prazo prorrogado). As comissões temáticas (Licenciaturas, Cursos Superiores de Tecnologia e Engenharias) terão até o dia 27.08 para realizar o envio de suas contribuições pelo mesmo formulário.

 

Ações do documento

Página em carregamento