Você está aqui: Página Inicial / Ensino / Processos Seletivos / Técnico Integrado / ProITEC / PROITEC 2011

PROITEC 2011

Abertura das Inscrições:
15/03/2011 00:00
Fechamento das Inscrições:
24/04/2011 00:00

Inscrições:

De 15 de março (a partir das 14h)

a 24 de abril (até as 22h)

Taxa: R$ 20,00 (Pagamento até o dia 25 de abril)

Período de solicitação da taxa de isenção:

De 21 a 25 de março, nos horários de funcionamento de acordo com o Anexo I do Edital

Entrega de documentação e recebimento de material didático (livros e DVD):

3 a 6 de maio, no campus do IFRN ao
qual o aluno estiver vinculado, nos horários de funcionamento de acordo com o Anexo I do Edital

Cartão de inscrição:

Estará disponível para impressão a partir de 20 de junho 

Provas:

1ª avaliação - 17 de julho

2ª avaliação - 25 de setembro

Resultados:

  • Resultado 1ª avaliação do ProITEC, sem classificação: 9 de agosto
  • Listagem de candidatos que terão a prova discursiva corrigida, sem classificação: 5 de outubro
  • Resultado da 2ª avaliação do ProITEC: 18 de outubro
  • Resultado final: 1º de novembro

Matrícula:

de 25 a 27 de janeiro de 2012, na Diretoria Acadêmica do curso para o qual foi aprovado.

No ato da matrícula, o candidato deverá apresentar a seguinte documentação:

a)      02 (duas) fotos 3x4 (recentes e iguais);

b)      Carteira de identidade (cópia acompanhada do original);

c)       Cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento;

d)      Certificado de conclusão do ensino fundamental (cópia acompanhada do original);

e)      Histórico escolar do ensino fundamental (cópias acompanhadas dos originais).

f)       Título de Eleitor, no caso dos maiores de 18 anos (cópia acompanhada do original);

g)      Certificado de Alistamento Militar, de Dispensa de Incorporação ou de Reservista, no caso dos maiores de 18 anos do sexo masculino (cópia acompanhada do original);

h)      Cadastro de Pessoa Física (CPF) (cópia acompanhada do original);

i)        Parecer de equivalência de estudos da Secretaria Estadual de Educação, para os aprovados que realizaram estudos equivalentes ao Ensino Fundamental, no todo ou em parte, no exterior; e

Os documentos em língua estrangeira deverão estar visados pela autoridade consular brasileira no país de origem e acompanhados da respectiva tradução.

 

Ações do documento

Página em carregamento