Você está aqui: Página Inicial / Campi / Santa Cruz / Institucional / Histórico

Histórico

O Campus Santa Cruz do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) integra a Fase 2 do Plano de Expansão da Rede Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, iniciada em 2007.

Sua implantação resulta de uma parceria entre o IFRN, a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC/SETEC, o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal de Santa Cruz.

Nessa perspectiva, o terreno ocupado pelo campus, com 32.866 m², equivalente a 3,28 hectares, situado à rua São Braz, nº 304, bairro Paraíso, foi desapropriado pelo município e doado ao então CEFET-RN (atual IFRN) como contrapartida do poder municipal à instalação desta unidade.

Assim, o Campus Santa Cruz favorece a população da mesorregião do Agreste Potiguar, de municípios adjacentes do Estado da Paraíba e, em especial, os 16 municípios que integram a microrregião da Borborema Potiguar: Barcelona, Campo Redondo, Coronel Ezequiel, Jaçanã, Japi, Lagoa de Velhos, Lajes Pintadas, Monte das Gameleiras, Ruy Barbosa, Santa Cruz, São Bento do Trairi, São José do Campestre, São Tomé, Serra de São Bento, Sítio Novo e Tangará. 

Bloco A - Imagem Externa

 Imagem ExternaO Campus Santa Cruz oferta cursos em diversas modalidades. Dentre elas, temos: o Integrado Regular (voltado para alunos preferencialmente oriundos da conclusão do 9º ano do Ensino Fundamental ou que tenham concluído o Ensino Fundamental em qualquer tempo), o Integrado EJA (modalidade específica para alunos maiores de 18 anos que tenham concluído, no máximo, o Ensino Fundamental), o Subsequente (voltado para alunos que tenham concluído o Ensino Médio a qualquer tempo e que desejem o acréscimo de um curso Técnico ao currículo) e as Licenciaturas (cursos superiores que objetivam a formação de professores). Além disso, o Campus oferece uma diversidade de Cursos de Formação Inicial e Continuada (Cursos FIC, de até 160 horas) e também oferta o Programa Mulheres Mil, que objetiva promover a formação profissional e tecnológica articulada com aumento de escolaridade de mulheres em situação de vulnerabilidade social.

Atualmente, o Campus atende mais de 1000 alunos distribuídos nessas diversas modalidades, já tendo formado alunos que já atuam como empreendedores na cidade em sua formação técnica e também na área do Ensino, como professores do Estado e do Município.

Ações do documento

Página em carregamento