Você está aqui: Página Inicial / Campi / Natal - Cidade Alta / Notícias / Projeto de extensão desenvolve habilidades interculturais junto a estudantes do Cidade Alta
Internacionalização

Projeto de extensão desenvolve habilidades interculturais junto a estudantes do Cidade Alta

23/12/2021 - Intitulado Parceiro Linguístico: Mediação Intercultural e Conversação em Português Brasileiro, o projeto qualifica alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo a serem embaixadores da cultura brasileira para estudantes estrangeiros

Projeto de extensão desenvolve habilidades interculturais junto a estudantes do Cidade Alta

Ação é experiência valiosa para os futuros profissionais

No início deste mês de dezembro, teve início o Projeto de Extensão “Parceiro Linguístico: Mediação Intercultural e Conversação em Português Brasileiro, para o qual foram selecionados dois bolsistas do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Natal - Cidade Alta para conversação e serem embaixadores da cultura brasileira para os alunos estrangeiros matriculados no curso FIC intitulado “Português Brasileiro para Estrangeiros” ofertado pelo Campus Natal - Zona Leste.

Oito estudantes espanhóis provenientes do convênio que o IFRN possui com a Universidad de Almería (Espanha) se inscreveram nesse projeto para aprender mais a nossa língua. A iniciativa está alinhada aos interesses da Assessoria de Extensão e Relações Internacionais do IFRN, que considera importante a difusão do português entre servidores e alunos das universidades parceiras, ampliando as possibilidades de cooperação.

Os bolsistas do Projeto de Extensão, João Maria e Ítalo Felipe, participaram de reuniões e de momentos de preparação com os professores coordenadores Bruno Rafael Costa e Tatiani Novaes, ambos do Campus Natal - Cidade Alta. Sobre a experiência como Parceiro Linguístico, o estudante João Maria fez o seguinte relato:

"Meu primeiro contato com minha parceira linguística foi bastante gratificante. Maria Teresa Pardo Quesada, mora em Albox um distrito de Almeria. Espanha. Ela trabalha com contabilidade, ela é muito simpática. Gosta muito de idiomas, tem certa fluência em inglês e francês e já está em um bom caminho para aprender mais o português brasileiro. No primeiro momento, eu me apresentei e conversamos sobre minha profissão de professor de língua inglesa. Em seguida falamos sobre o quanto é rica nossa língua portuguesa. Ela acha o Brasil muito lindo.  Teresa consegue se comunicar bem em português brasileiro. Mas, há certas dificuldades em alguns sons.  Sobre hábitos culturais, falamos sobre o que os jovens gostam de fazer em seu tempo livre. Em nossa cultura, sugeri que ele ouvisse mais músicas brasileiras em rádios. Falamos um pouco acerca da pandemia. Na Espanha e no Brasil. Por fim, falamos um pouco de clima em ambos países. Tendo em vista que foi meu primeiro encontro com minha parceria linguística acredito que foi proveitoso (João Maria, bolsista do projeto e estudante do 3.º período do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Natal Cidade Alta)."

Para o professor Bruno Rafael Costa, essa ação ajudará não somente na proficiência da estudante estrangeira como também proporcionará uma experiência valiosa para os futuros profissionais da área de turismo que, possivelmente, entrarão em contato com turistas estrangeiros e precisarão de habilidades interculturais, que serão desenvolvidas ao longo do projeto visando conhecer o “outro” e a “si próprio” e, sobretudo, evitar possíveis choques culturais. 

 

Ações do documento

Página em carregamento