Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN e Agência Espacial Brasileira lançam primeiro Centro Vocacional Tecnológico do país
Extensão

IFRN e Agência Espacial Brasileira lançam primeiro Centro Vocacional Tecnológico do país

14/11/2017 - CVT-Espacial ainda tem a Prefeitura de Parnamirim como parceira

IFRN e Agência Espacial Brasileira lançam primeiro Centro Vocacional Tecnológico do país

12 alunos e quatro professores do Campus Parnamirim passaram por capacitação com engenheiros da Agência Espacial Brasileira

“Esta solenidade marca um momento ímpar: o IFRN, parceiro da Agência Espacial Brasileira (AEB), do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) e da Prefeitura de Parnamirim, é parte do primeiro Centro Vocacional Tecnológico Espacial do Brasil (CVT-Espacial).  Por meio do nosso campus, estamos nessa parceria para vai fazer a gestão acadêmica de uma primeira etapa de cursos com estudantes das escolas públicas do município. Serão várias ações na área de robótica e todas as etapas de lançamento de foguetes”.  Assim o Wyllys Tabosa, reitor do IFRN, definiu a cerimônia de assinatura do acordo de cooperação técnica entre os órgãos parceiros na empreitada.

Iniciativa da AEB, o CVT-Espacial está inserido no Programa de Apoio à Implantação e Modernização de Centros Vocacionais Tecnológicos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), desenvolvido em parceria com o CLBI, com apoio do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA). A inauguração do Centro aconteceu na tarde da segunda-feira, 13 de novembro, na Barreira do Inferno, em Parnamirim e contou com a presença de gestores do Campus e de estudantes envolvidos no projeto, além de representantes da Fundação de Apoio ao IFRN (Funcern)

CVT-Espacial

Dividido em dez ambientes, o CVT-Espacial conta com laboratórios para atividades de propulsão, satélite, integração e teste, auditório, espaço Marte e Lua, sala de capacitação, refeitório e vestiários, além de espaços abertos para lançamentos de foguetes e outras atividades. Com o funcionamento do Centro, os estudantes da região poderão desenvolver diversas atividades educacionais, como competições de espaçomodelismo, foguetemodelismo e, principalmente, cursos de capacitação e oficinas temáticas espaciais, utilizando os modelos do Programa AEB Escola, mas de forma continuada.

Segundo Filipe Quintaes, diretor-geral em exercício do Campus Parnamirim, para o IFRN e para os estudantes, essa parceria representa uma motivação extra: “hoje nós temos dois eixos de atuação, o de controle e processos industriais e o de meios de comunicação e informação. Essa iniciativa será uma extensão dos nossos laboratórios, onde nossos alunos vão ter acesso a ensaios laboratoriais voltados a missões espaciais, executando na prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula”, disse. Com uma seleção inicial de 12 alunos e quatro professores que passaram por capacitação com engenheiros da AEB e irão reproduzir conhecimentos para alunos da rede municipal de ensino de Parnamirim, Quintaes completa: “essa é uma semente plantada, é a grande aposta”. 

Ações do documento

Página em carregamento