Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Em Portugal, servidores do IFRN participam de atividades de mestrado internacional
INTERNACIONAL

Em Portugal, servidores do IFRN participam de atividades de mestrado internacional

13/11/2017 - Mestrado em Ciências da Educação é uma parceria entre o IFRN e a Universidade do Minho

Em Portugal, servidores do IFRN participam de atividades de mestrado internacional

Servidores na Universidade do Minho - Braga.

No dia 8 deste mês, um grupo composto por 13 servidores do Instituto, viajou à Braga (Portugal), para um período de 18 dias em atividades presenciais na Universidade do Minho (UMinho). Durante esses dias, estão participando de aulas presenciais e diversas outras atividades curriculares, além terem acesso às bibliotecas e se familiarizarem com os serviços acadêmicos da UMinho. A viagem faz parte da proposta do curso, que orienta a realização de visitas anuais à universidade, momento em que os pesquisadores portugueses ofertam seminários para os alunos.

“Estamos planejando a vinda de novos grupos, envolvendo os demais alunos do programa, em fevereiro e abril do próximo ano”, disse, diretamente de Braga, o coordenador geral do mestrado no âmbito do IFRN, o professor Belchior Rocha, que acompanha o primeiro grupo nessa viagem de estudo, juntamente com a servidora Elizomar Nobre, coordenadora administrativa do mestrado no IFRN.

O Mestrado em Ciências da Educação contempla 52 servidores, que estão divididos em quatro linhas de pesquisa, Supervisão Pedagógica em Ensino de Ciências, Desenvolvimento Curricular e Avaliação, Sociologia da Educação e Política Educativas e Tecnologia Educativa.

A especialidade Supervisão Pedagógica em Ensino de Ciências conta com 6 servidores, sob a Coordenação da professora Laurinda Leite, na Universidade do Minho e da professora Sílvia Regina Pereira de Mendonça, no IFRN. Desenvolvimento Curricular e Avaliação possui 9 servidores, sob a Coordenação do professor José Augusto Pacheco, na Universidade do Minho e da professora Giovana Gomes Albino, no IFRN. Na linha Sociologia da Educação e Política Educativa há 18 servidores, sob a coordenação do professor José Augusto Palhares, na Universidade do Minho e do professor Flávio Rodrigo Freire Ferreira, no IFRN. E, por fim, a linha de pesquisa Tecnologia Educativa contempla 19 servidores, sob a coordenação do professor Bento Duarte Silva, na Universidade do Minho e da professora Juliana Vieira, no IFRN;

 

Aulas a distância

 

As aulas acontecem na modalidade semipresencial e realizadas por videoconferência, durante dois dias na semana. A defesa, ao final dos dois anos do curso, também será na Universidade do Minho em Braga/Portugal. Segundo Belchior Rocha, somente no início do segundo ano do programa é que o aluno deverá apresentar seu Projeto de Dissertação de Mestrado.

De acordo com o professor Wyllys Farkatt Tabosa, reitor do IFRN, essa modalidade de mestrado traz praticidade: “sendo em grande parte a distância, esse formato facilitará o acesso dos técnicos-administrativos, o que nos dá uma excelente perspectiva de democratização da pós-graduação stricto sensu em nossa instituição, sobretudo para esse público”, disse.

 

 

Ações do documento

Página em carregamento