Você está aqui: Página Inicial / Institucional / PDI

O Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) é um documento exigido pelo decreto 5773/2006 e nele, entre outras informações, está descrita a atuação da Instituição. É um plano de gestão que considera a identidade da instituição para o estabelecimento dos objetivos e metas estratégicas. A base do PDI que começa a ser elaborado este ano de 2014 e terá vigor até 2018 é o documento homologado em 2009, vigente até junho deste ano.
Trata-se de um documento não só norteador da gestão como também definidor da natureza da instituição.  Nele estão incluídos, por exemplo, o Plano Político Pedagógico (PPP); o Plano Diretor de Infraestrutura Física dos campi e da Reitoria;  o Planejamento Estratégico; a política de Educação a Distância e a Avaliação de Desenvolvimento Institucional etc.

_________________________________________

_PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

Comissões entram em fase final de trabalho de construção do PDI

21/07/2014 - Em reunião nesta segunda (21), foram discutidas as metas e os indicadores que comporão o documento

 
Comissões entram em fase final de trabalho de construção do PDI

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em reunião ocorrida nesta segunda-feira (21), na Sala de Atos da Reitoria do IFRN, 32 membros das comissões temáticas, central e de logística operacional do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) se reuniram para traçar os objetivos e metas estratégicas que comporão o documento. A reunião aconteceu nos períodos da manhã e da tarde. Segundo o presidente da Comissão Central, o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional Wyllys Abel Farkatt Tabosa, o encontro contou com uma efetiva participação de todos os presentes.

Na discussão das metas e estratégicas foram levantados indicadores que servirão de base para o trabalho nas diversas dimensões institucionais nos próximos cinco anos, passando pelo ensino, pesquisa, extensão, assistência estudantil, gestão de pessoas e outras temáticas. Os indicadores apontados serão avaliados pela Comissão de Desenvolvimento Institucional em reunião que vai acontecer na próxima segunda (28). Após o encontro, os membros das comissões darão um retorno às demais comissões sobre as decisões tomadas.

O pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional destacou ainda que os indicadores a serem avaliados foram construídos a partir da discussão conjunta entre os membros das diversas comissões presentes à última reunião. Durante as discussões, eles levaram em consideração os documentos institucionais já existentes, as necessidades apontadas pela comunidade acadêmica durante consulta realizada pelo Suap, além dos indicadores de gestão exigidos pelo TCU.

A partir de agora, as comissões temáticas de trabalho do PDI entram em fase final de trabalho. Elas deverão apresentar os documentos sistematizados nos dias 11 e 12 de agosto, durante plenárias, para a revisão linguística dos textos. No dia 26 de setembro, o documento final será apreciado pelo Conselho Superior.

O PDI

O Plano de Desenvolvimento Institucional é um documento exigido pelo decreto 5773/2006 e nele, entre outras informações, está descrita a atuação da Instituição. É um plano de gestão que considera a identidade da instituição para o estabelecimento dos objetivos e metas estratégicas. A base do PDI que começa a ser elaborado este ano de 2014 e terá vigor até 2018 é o documento homologado em 2009, vigente até junho deste ano.

Acesse mais informações no portal do PDI.________________________________________

PDI

Definidas novas datas do calendário de trabalho

03/07/2014 - Comissão local tem até o dia 11 de julho para enviar contribuições

 
Definidas novas datas do calendário de trabalho

As datas foram definidas em reunião entre as comissões temáticas e central

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

calendário de atividades para a construção do novo Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) do IFRN foi revisado e novas datas foram definidas. As comissões locais terão até o dia 11 de julho para sistematizar e enviar suas contribuições. 

As demais datas do cronograma também foram modificadas. As comissões temáticas terão até o dia primeiro de agosto para finalizar as minutas do documento. Já as plenárias de conclusão final do PDI, que estavam marcadas para os dias 7 e 15 de julho, acontecerão nos dias 11 e 12 de agosto. No período de 13 de agosto a 11 de setembro será realizada a revisão textual do documento, que será apreciado pelo Conselho Superior do Instituto em reunião extraordinária no dia 26 de setembro.

As revisões no calendário foram definidas em reunião na última terça-feira (1º), realizada com membros das comissões temáticas e central, na Reitoria do IFRN. O objetivo principal era discutir os trabalhos realizados até agora na construção do PDI. "O princípio de construção do nosso Plano é democrático e teve início com a abertura à participação de toda comunidade acadêmica pelo Suap. Levando em consideração que algumas das comissões locais enfrentaram dificuldades para consolidar as contribuições de seus campi, decidimos estipular novos prazos", explicou Wyllys Abel Farkat, pró-reitor de Planejamento Institucional e presidente da comissão central. 

Wyllys fez questão de frisar a importância da contribuição de todas as comissões locais, uma vez que esta é a oportunidade de ver as demandas e realidades dos campi contempladas no documento que define as diretrizes de planejamento da Instituição, o PDI. Informações como previsão de novos cursos, de investimento em assistência estudantil e de recursos para projetos devem estar contemplados no documento. "Precisamos traduzir de forma objetiva qual a função social e os valores da nossa Instituição", complementou o pró-reitor. 

Foi marcada uma reunião para o dia 21 de julho, com os membros das comissões temáticas e central, a fim de discutir a sistematização final da estrutura do documento e as proposições de metas e indicadores para o planejamento estratégico. Haverá também uma reunião entre membros da comissão logística operacional e os responsáveis de cada comissão temática pela redação da minuta do PDI. O objetivo do encontro, que terá ainda data confirmada, é passar as principais orientações quanto à unidade de escrita dos textos. A reunião será coordenada pela professora e revisora Nadir Arruda Skeete.

Na reunião da terça-feira (1º), houve um momento para que os presidentes das comissões temáticas avaliassem o andamento dos trabalhos de suas comissões. A conclusão foi que os trabalhos estão bem adiantados e que as contribuições da comunidade acadêmica revelam o sentimento das pessoas quanto às necessidades do desenvolvimento institucional.  

O Plano de Desenvolvimento Institucional é um documento exigido pelo decreto 5773/2006 e nele, entre outras informações, está descrita a atuação da Instituição. É um plano de gestão que considera a identidade da instituição para o estabelecimento dos objetivos e metas estratégicas. A base do PDI que começa a ser elaborado este ano de 2014 e terá vigor até 2018 é o documento homologado em 2009, vigente até junho deste ano.

Acesse o novo calendário de atividades.

____________________________________________________________________

 

CAMPUS NATAL CIDADE ALTA

Fórum para discussão do PDI acontece no campus

16/05/2014 - O objetivo de promover um debate sobre o Plano de Desenvolvimento Institucional do Instituto. Estão convidados a participar do evento alunos e servidores.

 

O IFRN Cidade Alta realiza nessa segunda-feira (19), das 14h às 17h,  na sala 60, o fórum “O Campus Natal – Cidade Alta e o PDI do IFRN”. O encontro tem o objetivo de promover um debate sobre o Plano de Desenvolvimento Institucional do Instituto (PDI), versão 2014-2018. Estão convidados a participar do evento alunos e servidores.

O Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) é um documento exigido pelo decreto 5773/2006 e nele, entre outras informações, está descrita a atuação da Instituição. É um plano de gestão que considera a identidade da instituição para o estabelecimento dos objetivos e metas estratégicas. A base do PDI que começa a ser elaborado este ano de 2014 e terá vigor até 2018 é o documento homologado em 2009, vigente até junho deste ano.

Trata-se de um documento não só norteador da gestão como também definidor da natureza da instituição.  Nele estão incluídos, por exemplo, o Plano Político Pedagógico (PPP); o Plano Diretor de Infraestrutura Física dos campi e da Reitoria;  o Planejamento Estratégico; a política de Educação a Distância e a Avaliação de Desenvolvimento Institucional etc.

Como Contribuir

 Até o dia 27 de maio, alunos e servidores do IFRN poderão realizar suas contribuições ao Plano de Desenvolvimento Institucional do Instituto, versão 2014-2018. As mensagens devem ser enviadas eletronicamente através do Suap. Para construir as propostas de contribuição, a comunidade deve acessar os documentos base disponibilizados na página do PDI.

As propostas devem ser enviadas pelo botão "Contribua com o PDI", em azul, na parte superior do Suap. Ao clicá-lo, deverá ser escolhida a seção do Plano com a qual se deseja contribuir (o tema). O aluno e servidor pode enviar uma proposta por tema e editá-la a qualquer momento até o encerramento do prazo para contribuições. 

 

As mensagens ficarão disponíveis no espaço para toda a comunidade, que poderá avaliar e declarar concordar ou não com a ideia dos colegas. Os alunos e servidores poderão ainda , se preferir, postar como anônimo.

 

PDI

Plano de Desenvolvimento Institucional recebe contribuições até o dia 27

16/05/2014 - Já foram cadastradas cerca de 200 contribuições. Alunos e servidores podem contribuir


Até o dia 27 de maio, alunos e servidores do IFRN poderão realizar suas contribuições ao Plano de Desenvolvimento Institucional do Instituto, versão 2014-2018. As mensagens devem ser enviadas eletronicamente através do Suap. Para construir as propostas de contribuição, a comunidade deve acessar os documentos base disponibilizados na página do PDI.

Até esta sexta-feira (16), cerca de 200 contribuições haviam sido registradas no Suap. As mensagens variam desde a política de disponibilização de dados institucionais até o planejamento de reformas e estruturação de oferta educacional. Elas abrangem as 12 temáticas que compõem o PDI, documento que orienta os rumos que a instituição deseja seguir nos próximos anos.

Na dia 21 de maio, das 10h às 12h, a comissão central e os presidentes das comissões temáticas se reunirão na Sala de Atos da Reitoria do IFRN para avaliar os trabalhos desenvolvidos e verificar como está se desenvolvendo a campanha de contribuição para o PDI. Todas as contribuições serão analisadas pelos membros da Comissão Local, responsável por produzir os documentos que servirão de base ao PDI 2014-2018, levando em consideração a realidade de cada unidade do Instituto. Será possível acompanhar pelo próprio Suap ou através do recebimento de email o status da contribuição (se já foi ou não analisada pela comissão).

COMO CONTRIBUIR 

As propostas devem ser enviadas pelo botão "Contribua com o PDI", em azul, na parte superior do Suap. Ao clicá-lo, deverá ser escolhida a seção do Plano com a qual se deseja contribuir (o tema). O aluno e servidor pode enviar uma proposta por tema e editá-la a qualquer momento até o encerramento do prazo para contribuições. 

As mensagens ficarão disponíveis no espaço para toda a comunidade, que poderá avaliar e declarar concordar ou não com a ideia dos colegas. Os alunos e servidores poderão ainda , se preferir, postar como anônimo.

O QUE É O PDI

O Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) é um documento exigido pelo decreto 5773/2006 e nele, entre outras informações, está descrita a atuação da Instituição. É um plano de gestão que considera a identidade da instituição para o estabelecimento dos objetivos e metas estratégicas. A base do PDI que começa a ser elaborado este ano de 2014 e terá vigor até 2018 é o documento homologado em 2009, vigente até junho deste ano.

Trata-se de um documento não só norteador da gestão como também definidor da natureza da instituição.  Nele estão incluídos, por exemplo, o Plano Político Pedagógico (PPP); o Plano Diretor de Infraestrutura Física dos campi e da Reitoria;  o Planejamento Estratégico; a política de Educação a Distância e a Avaliação de Desenvolvimento Institucional etc.

Acesse:

Suap

Página do PDI

 

PLANO DE DESENVOLVIMENTO 

Alunos e servidores já podem fazer contribuições ao PDI 2014-2018

09/05/2014 - As propostas devem ser submetidas eletronicamente pelo Suap.

 
Alunos e servidores já podem fazer contribuições ao PDI 2014-2018

 

 

 

 

 

A partir de hoje (9) até o dia 27 de maio, alunos e servidores do IFRN poderão realizar suas contribuições ao Plano de Desenvolvimento Institucional do IFRN, versão 2014-2018. As mensagens devem ser enviadas eletronicamente através do Suap. Para ajudar na construção das contribuições, a comunidade pode acessar os documentos base disponibilizados na página do PDI.

As propostas devem ser enviadas pelo botão "Contribua com o PDI", em azul, no Suap. Ao clicá-lo, deverá ser escolhida a seção do Plano com a qual se deseja contribuir (o tema). O aluno e servidor pode enviar uma proposta por tema e editá-la a qualquer momento até o encerramento do prazo para contribuições. 

As mensagens ficarão disponíveis no espaço para toda a comunidade, que poderá avaliar e declarar concordar ou não com a ideia dos colegas. Os alunos e servidores poderão ainda , se preferir, postar como anônimo.

Todas as contribuições serão analisadas pelos membros da Comissão Local, responsável por produzir os documentos que servirão de base ao PDI 2014-2018, levando em consideração a realidade de cada unidade do Instituto. Será possível acompanhar pelo próprio Suap ou através do recebimento de email o status da contribuição (se já foi ou não analisada pela comissão).

O QUE É O PDI

O Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) é um documento exigido pelo decreto 5773/2006 e nele, entre outras informações, está descrita a atuação da Instituição. É um plano de gestão que considera a identidade da instituição para o estabelecimento dos objetivos e metas estratégicas. A base do PDI que começa a ser elaborado este ano de 2014 e terá vigor até 2018 é o documento homologado em 2009, vigente até junho deste ano.

Trata-se de um documento não só norteador da gestão como também definidor da natureza da instituição.  Nele estão incluídos, por exemplo, o Plano Político Pedagógico (PPP); o Plano Diretor de Infraestrutura Física dos campi e da Reitoria;  o Planejamento Estratégico; a política de Educação a Distância e a Avaliação de Desenvolvimento Institucional etc.

Acesse:

Suap

Página do PDI

PLANO DE DESENVOLVIMENTO

Campus Apodi mobiliza a sociedade para a construção coletiva do PDI

08/05/2014 - O Campus Apodi realizará, nesta sexta-feira (9), um seminário para discutir a construção coletiva do PDI.

  
Campus Apodi mobiliza a sociedade para a construção coletiva do PDI

 

 

 

 

 

Campus Apodi realizará, nesta sexta-feira (9), um seminário para discutir a construção coletiva do PDI, para o quinquênio 2015-2019.

O evento mobilizará várias instituições representativas dos diversos segmentos e setores produtivos, sociais e culturais do Território da Cidadania Sertão do Apodi, que compreende a área de atuação do Campus Apodi do IFRN.

As entidades e demais participantes terão a oportunidade de conhecer melhor as diversas atividades desenvolvidas no âmbito do Campus Apodi e também poderão debater com a comunidade acadêmica as suas expectativas em relação à atuação do IFRN na região do Médio Oeste Potiguar.

PDI

Adiado o início do envio das contribuições da comunidade acadêmica pelo SUAP

25/04/2014 - Nova data será decidida na próxima reunião da Comissão Central, na quarta-feira que vem (30)

 

O presidente da Comissão Central de elaboração do PDI,  o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Wyllys Abel Farkat Tabosa, decidiu adiar o início do uso da ferramenta criada no Sistema Unificado de Administração Pública (SUAP) especialmente para coletar as sugestões de servidores e alunos do IFRN para o Plano que irá nortear as ações do Instituto nos próximos cinco anos.  No cronograma inicial, a disponibilização da ferramenta seria na próxima segunda-feira, dia 28.

Segundo Wyllys,  a decisão foi tomada por causa do adiamento da reunião que a Comissão Central teria, por videoconferência, com todos os membros das comissões locais do PDI dos campi, além  da necessidade de um prazo maior para o profissional de TI encarregado da implantação da área reservada às contribuições ao documento acrescentar as alterações que serão submetidas à plenária da Comissão Central, marcada para o próximo dia 30. 

"Assim que tivermos definidos quais modificações faremos na ferramenta de consulta e quando elas estarão implantadas divulgaremos o passo a passo da inserção das sugestões da comunidade para que todos possam participar desse processo", explicou o pró-reitor.

___________________________________________

PDI

Comissão de Desenvolvimento Institucional realiza primeira reunião

25/04/2014 - Membros vão se reunir quinzenalmente

 
Comissão de Desenvolvimento Institucional  realiza primeira reunião

 

 

 

 

 

 

 

 

Os membros da comissão temática encarregados de redigir o capítulo sobre o planejamento estratégico do IFRN para os próximos cinco anos se reuniram no último dia 22 e chegaram a um consenso sobre a metodologia que irão adotar não só para analisar as contribuições das comissões locais como também para incluir aquelas que julgarem pertinentes no documento final.  

Em primeiro lugar, foi decidido que a comissão e a subcomissão  do Plano de Desenvolvimento de Tecnologia da Informação farão reuniões em separado quinzenalmente e outra, conjunta, com a mesma periodicidade  para discutir e sintetizar as respectivas propostas para o novo PDI.  Foi também aprovada a possibilidade de realização de reuniões extraordinárias caso seja necessário.

De acordo com o presidente da Comissão, Marcus Vinícius Duarte Sampaio, a primeira coisa a fazer para que o resultado final seja um documento que realmente contribua com o desenvolvimento do Instituto é estudar todos os documentos que servirão de referência para a elaboração do Plano, além dos PDIs de outras instituições com mais experiência nesse processo de construção.  

“Temos que ter muito cuidado para não elaborarmos uma peça fictícia, sem  consistência, com metas inalcançáveis ou fáceis demais para fazerem parte de um Plano de Desenvolvimento Institucional.  Entendemos que o planejamento do nosso instituto não pode se resumir a um simples preenchimento de planilhas para prestação de contas”, resumiu Marcus Vinícius.

A próxima reunião da Comissão Temática de Desenvolvimento Institucional está marcada para o próximo dia 5 de maio,

 

____________________________________

PDI

Comissão Temática de Gestão Organizacional define metodologia de trabalho

16/04/2014 - A reunião foi realizada quarta-feira (16), na Reitoria

 
Comissão Temática de Gestão Organizacional define metodologia de trabalho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A comissão temática formada para sistematizar e propor um texto final aos capítulos 8 e 11 do Plano de Desenvolvimento Institucional, que vão tratar dos aspectos administrativos do IFRN definiu hoje sua estratégia de trabalho no processo de construção do documento.

"Com base nos documentos do próprio Instituto e também nos PDIs de outras instituições federais de ensino, vamos definir um formato para os capítulos sob  nossa responsabilidade e, assim que recebermos as contribuições encaminhadas pelas comissões locais vamos adaptar nosso modelo para incorporar aquelas sugestões que entendermos  ser pertinentes para a nossa instituição.  O que nós queremos é ter uma base sólida para, a partir dela, criar o nosso próprio documento, sem que isso signifique o engessamento do conteúdo.  Apenas entendemos ser esta a forma mais produtiva de trabalharmos", explicou o presidente da Comissão, o administrador Roberto Gomes Cavalcante Júnior.

Além da metodologia, foram definidas também as atribuições de cada membro das duas subcomissões (Organização Administrativa  e Sustentabilidade Financeira, e  Plano Diretor de Infraestrutura Física), e marcada a data da próxima reunião, no dia 25 deste mês.  "Queremos estar com a equipe preparada para quando começarem a chegar as contribuições através da ferramenta do Suap", concluiu Roberto.

 

__________________________________________________

PDI

Iniciados os trabalhos das comissões temáticas

14/04/2014 - Elas terão até o dia 11 de junho para redigir as respectivas minutas que serão entregues à Comissão Central

 
Iniciados os trabalhos das comissões temáticas

 

 

 

 

 

 

 

As quatro comissões temáticas responsáveis pela análise das contribuições da comunidade acadêmica e da sociedade começaram a se estruturar para receber e analisar todas as sugestões ao texto do Plano de Desenvolvimento Institucional que começarão a ser enviadas pelas comissões locais dos campi a partir do dia 28 de abril. 

Na quarta-feira (9) e sexta-feira (11) passadas, os membros das quatro comissões participaram das três reuniões convocadas pela Comissão Central para explicar a metodologia de trabalho e as ferramentas que serão utilizadas no processo de construção do documento.  A primeira deliberação de cada uma das comissões foi a escolha dos respectivos presidentes.    Apenas a Comissão 4 (Projeto Político-Pedagógico) ainda está sem o seu representante, que deverá ser escolhido ainda neste mês. 

 Cada comissão temática ficará responsável por um ou mais capítulos do PDI, que terá um formato final de livro, a ser editado pela Editora do IFRN.  A abrangência de alguns temas levou a Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, responsável pela organização inicial dos trabalhos, a criar subcomissões para assuntos específicos, conforme resumo abaixo:

Comissão 1 - Desenvolvimento Institucional (presidente - Marcus Vinícius Duarte Sampaio)

Sucomissão -   Plano de Desenvolvimento de Tecnologia da Informação

  • Capítulos:

1. Perfil Institucional

2. Planejamento Estratégico

 

Comissão 2 - Organização e Gestão de Pessoal (presidente - Raul Aleixandre Fernandes de Queiroz)

  • Capítulo:

7. Organização e Gestão de Pessoal

 

Comissão 3 - Gestão Organizacional (presidente - Roberto Gomes Cavalcante Júnior)

  • Subcomissões

  - Organização Administrativa  e Sustentabilidade Financeira

  - Plano Diretor de Infraestrutura Física

  • Capítulos

8. Organização Administrativa

11. Capacidade e Sustentabilidde Financeira

 

Comissão 4 - Projeto Político Pedagógico (presidente ainda a ser escolhido)

  • Subcomissões

-  Assuntos Estudantis

-  Políticas de Ensino, Pesquisa e Extensão

 - Plano de Ofertas de Cursos e Vagas

  • Capítulos:

3. Projeto Político Pedagógico

4. Plano de Oferta de Cursos e Vagas

6. Organização Didático-Pedagógica

9. Políticas de Atendimento aos Dicentes

10. Políticas de Educação à Distância

 O capítulo 12 (Acompanhamento e Avaliação do Desenvolvimento Institucional) será objeto de discussão de todas as comissões temáticas.            

 

____________________________________

 

CAMPUS MOSSORÓ

Seminário debate tendências econômicas que subsidiarão a construção do PDI

11/04/2014 - Eevento aconteceu na última quarta-feira com a participação da sociedade civil

  
Seminário debate tendências econômicas que subsidiarão a construção do PDI

O foco principal das discussões foi a demanda de ofertas de cursos e vagas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na última quarta-feira, nove de abril, aconteceu no Campus Mossoró do IFRN o Seminário de Debate PDI 2014-2018. O objetivo do evento foi discutir, junto à sociedade civil, as tendências de  crescimento para a cidade de Mossoró (e região) nos próximos cinco anos e as atuais e futuras demandas de formação para o Campus Mossoró. Os dados e informações coletados auxiliarão na construção do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) do IFRN, edição 2014-2018. O foco principal das discussões foi o levantamento da demanda de cursos e respectivas vagas a serem oferecidas nos próximos anos. 

"A definição do Plano de Oferta de Cursos e Vagas é um ponto crucial do PDI e não pode ser desvinculada das demandas locais. Por esse motivo, além dessa discussão com representantes da sociedade civil, ainda serão realizados vários momentos de debate com docentes, técnicos administrativos e alunos", declarou o diretor-geral do Campus Mossoró, professor Jailton Barbosa. 

Participaram do Seminário representantes da AMBEP, BNB, EDITEL, IFRN (corpo docente e Conselho Escolar), REDEPETRO, SEBRAE, SINASEFE (Seção Mossoró) e UFERSA, que se reuniram com gestores e servidores do Campus Mossoró. O evento foi organizado pela Comissão Local, responsáveis pelas propostas que serão encaminhadas pelo Campus Mossoró à construção do documento final do PDI 2014-2018. 

O PDI é o instrumento de planejamento e gestão que consolida a identidade da Instituição por meio do estabelecimento de objetivos, metas e estratégias para suas ações em um horizonte de cinco anos.

PDI

Divulgado cronograma de elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional

02/04/2014 - O presidente da Comissão Central explica como serão desenvolvidos os trabalhos

 
Divulgado cronograma de elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Comissão Central do Plano de Desenvolvimento Institucional divulgou hoje (2) o cronograma de realização dos trabalhos de elaboração do documento que irá nortear a atuação do IFRN nos próximos cinco anos.  Os prazos de cumprimento de cada etapa foram discutidos na reunião realizada na sexta-feira passada (28), na Reitoria do Instituto. 

De acordo com o cronograma, o prazo para conclusão dos trabalhos das comissões termina no dia 12 de julho.  O último passo será a revisão linguística do documento, que deverá estar concluída até o dia 11 de agosto. 

Em linhas gerais, o cronograma está organizado da seguinte forma:

  •   A Comissão Central realiza reuniões de sistematização dos processos de construção dos documentos juntamente com as comissões temáticas e de sensibilização das comissões locais no período de 07 a 27/04;
  •  A comunidade acadêmica faz o envio de suas contribuições através do SUAP no período de 28/04 a 16/05/2014;
  • As Comissões Locais consolidam as contribuições das comunidade acadêmica dos campi e da Reitoria no período de 21/03 a 30/05/2014.
  •   As Comissões Temáticas trabalham na elaboração da Minuta do PDI no período de 21/03 a 11/06/2014.
  •  A Comissão Central realiza reuniões sistemáticas de avaliação do processo no período de 21/03 a 11/06/2014, onde nos dias 27/06 e 11/07 ocorrerão as plenárias finais de conclusão do documento final PDI;
  •  A Comissão de Logística Operacional atua na articulação das reuniões, eventos e divulgação do PDI no período 21/03 a 30/12/2014 e de revisão textual do documento final no período de 12/07 a 11/08/2014.

Para o presidente da Comissão Central, o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Wyllys Abel Farkatt Tabosa, é fundamental que o processo de elaboração do PDI seja o mais transparente e participativo possível.  Esse foi o principal assunto da entrevista abaixo que ele deu, explicando todas as fases de elaboração do documento.

 ............................................................

1) Qual a importância da elaboração de um novo PDI para o IFRN?

R - O objetivo é construir um documento norteador das diretrizes institucionais para os próximos cinco anos; um documento definidor da identidade institucional e de sua política de desenvolvimento, com foco no planejamento estratégico voltado à consecução de suas finalidades,dentre elas o desenvolvimento da educação profissional e tecnológica como processo educativo e investigativo de geração e adaptação de soluções técnicas e tecnológicas às demandas sociais e peculiaridades regionais.   As discussões em torno do Plano devem ser da forma mais participativa possível, tendo como prioridade a consolidação da nova  institucionalidade do IFRN nos cenários potiguar e nacional.

2) Quais as principais diferenças entre o PDI que está em vigor, construído em 2009, e este que está sendo elaborado agora?

R - O primeiro PDI apresentava pela primeira vez à sociedade o conceito de instituto federal definido pela Lei 11892/2008 em seu Art. 2º :  “instituições de educação superior, básica e profissional, pluricurriculares e multicampi, especializados na oferta de educação profissional e tecnológica nas diferentes modalidades de ensino, com base na conjugação de conhecimentos técnicos e tecnológicos com as suas práticas pedagógicas”.  Esta forma de apresentação destacava os desafios que se vislumbravam para a implantação e consolidação dos institutos e os documentos mais técnicos do fazer institucional, como o Projeto Político Pedagógico, ou ainda estavam em construção ou eram do CEFET.   Já o atual PDI modifica significativamente essa dinâmica, primeiro porque vai passar a ser composto por documentos construídos com as normativas atuais da Instituição e, segundo, porque a participação da comunidade com contribuições para a melhoria e adequação desses documentos será muito maior.  Com isso, teremos um ganho não só na densidade intelectual do documento mas também no seu processo de construção,  que terá um caráter muito mais participativo.

 3) Como os trabalhos de elaboração do documento estão organizados?

R - Buscamos elaborar uma documento que tenha a maior participação possível da comunidade acadêmica e da sociedade em geral, mas que tenha uma hierarquia de contribuição para melhor sistematizar o trabalho.   Por exemplo: o PDI contempla 12 temas.  É com base neles que as comissões locais instaladas nos campi e na Reitoria coletarão e sistematizarão as contribuições tanto de seus servidores e alunos como da comunidade externa.  Essas sistematizações serão objeto de análise das comissões temáticas que trabalharão na elaboração dos documentos referentes a cada um dos temas. A  Comissão Central, por sua vez, terá o papel principal de aprovar os documentos elaborados pelas comissões temáticas e que serão submetidos ao CONSUP que é a instância legal para aprovação de qualquer documento institucional do IFRN. Após essa fase, encaminharemos ao Ministério da Educação para publicação no Diário Oficial da União.

4) Qual o prazo de conclusão dos trabalhos?

R - O projeto inicial proposto pela Pro-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimentos Institucional foi junho de 2014.  Contudo, a Comissão Central reunida no dia 28/04, discutiu e aprovou um novo calendário que propôs a conclusão dos trabalhos até a segunda-feira, 11 de agosto, para submeter à reunião do CONSUP do dia 29/08.

6) Como será garantida a participação tanto da comunidade acadêmica quanto da comunidade externa à Instituição?
R - Em primeiro lugar, as Comissões Locais, nomeadas pelos diretores gerais dos campi, deverão ser compostas por representantes dos diferentes segmentos da comunidade acadêmica, inclusive com a possibilidade de participação de representação da comunidade externa nos respectivos Conselhos Escolares dos campi. Essas comissões poderão realizar audiências públicas ou entrevistas com representantes da sociedade civil em seus diferentes segmentos para diagnóstico de demandas locais que subsidiem os diferentes temas.  Além do mais, nas Comissões Temáticas existem representantes dos diferentes segmentos, considerando o perfil técnico dos seus membros.  Já a Comissão Central além de ser composta por servidores com perfis mais técnicos, possui também representantes dos diferentes colegiados institucionais, inclusive dois representantes do CONSUP que representam as entidades FETARN e SEBRAE.  Enfim: não será por falta de condições de apresentar sugestões que alunos e servidores deixarão de participar de todo esse processo.   Além de todas essas instâncias que eu citei, será disponibilizada também uma área do Suap especificamente para envio das contribuições, seja de forma aberta como anônima. 

 

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

Iniciado o processo de construção do PDI 2014-2018

21/03/2014 - Videoconferência com integrantes das comissões aconteceu na manhã de hoje (21)

  
Iniciado o processo de construção do PDI 2014-2018

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O reitor do IFRN Belchior Rocha abriu os trabalhos, frisando  a importância do PDI enquanto um planejamento a longo prazo para a Instituição. "O plano vai pautar o funcionamento e o desenvolvimento institucionais para os próximos cinco anos, apontando o perfil do Instituto", declarou Belchior.

O pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Wyllys Abel Farkatt, à frente dos trabalhos realizados até agora, fez uma breve explanação sobre  sobre o papel de cada comissão na elaboração do PDI: as comissões locais ficarão responsáveis por organizar as contribuições dos campi e da Reitoria que, de acordo com a natureza de cada uma, serão   distribuídas às quatro comissões temáticas criadas, para serem analisadas.  Dentre os temas que elas irão discutir estão o   Plano Político Pedagógico (PPP); o Plano Diretor de Infraestrutura Física dos campie da Reitoria;  o Planejamento Estratégico; a política de Educação a Distância e a Avaliação de Desenvolvimento Institucional, dentre outros. 

Os textos criados pelas comissões temáticas a partir das contribuições das comissões locais e da comunidade acadêmica de uma forma geral serão encaminhados à Comissão Central, responsável por dar forma e conteúdo ao documento final. " À Comissão Central caberá aprovar ou não o que virá das temáticas e dar coesão ao documento geral",destacou o pró-reitor , ressaltando ainda a  necessidade de participação de toda a comunidade acadêmica na construção do PDI.

"Está sendo criada uma área, dentro do  Sistema Unificado de Administração Pública (Suap), para colher as sugestsões dos alunos e servidores que não fazem parte de nenhuma comissão", explicou o economista Carlos André de Oliveira, responsável pela estruturação dessa ferramenta de consulta.

Na videoconferência foi também  apresentado o site do PDI, onde ficarão arquivados os documentos- base para subsidiar a construção do Plano e as notícias relativas ao processo. A apresentação foi realizada pelo servidor Fábio Gomes, da Diretoria de Gestão e Tecnologia da Informação.

Apesar de alguns problemas na transmissão das telas para visualização do site do PDI e dos módulos do Suap, foi possível comentar os objetivos principais desses espaços. Na área de sugestões do Suap, por exemplo, os servidores e alunos poderão verificar todas as contribuições enviadas, além de verificar se já foram analisadas pelas comissões.

A videoconferência foi encerrada por um momento de debate entre as comissões. O diretor-geral do campus Mossoró, Jailton Barbosa, sugeriu que, nas reuniões do planejamento pedagógico dos campi, que serão realizadas no final de abril, seja reservado um tempo para a discussão do PDI. Já Arilene Lucena, servidora do Campus Natal-Central, lembrou a importância de se planejar o período para a contribuição da comunidade, visando ao melhor momento para mobilização e articipação.

A reunião foi transmitida também por webconferência, permitindo que alunos e servidores acompanhassem as apresentações. Em seguida, aconteceu a primeira reunião da comissão central.

Acesse o site do PDI.

 

NOTÍCIAS

PDI

Trabalhos de elaboração do novo Plano de Desenvolvimento Institucional começam amanhã (21)

20/03/2014 - A reunião será às 10 horas e será transmitida via web para toda a comunidade acadêmica

 

A reunião será presidida pelo reitor do IFRN, Belchior de Oliveira Rocha, que estará na Sala de Atos com os membros da Comissão Central e daqueles que fizerem parte das comissões temáticas mas forem lotados na Reitoria.  Eles se comunicarão por videoconferência com os  membros das comissões temáticas e locais dos campi.  

A reunião será também transmitida via web para toda a comunidade acadêmica. O endereço para assistir à transmissão pela internet é <http://transmissao.ifrn.edu.br>. Ao acessar clique no link Live Streaming.

“É de fundamental importância que todos – servidores e alunos – estejam ligados no que está sendo e será discutido no âmbito das comissões e que participem com suas contribuições através do canal que iremos abrir a partir de amanhã”, explicou o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Wyllys Abel Farkat Tabosa, que é também presidente da Comissão Central do PDI.

Comissões

Para viabilizar o processo de construção do PDI foram criadas 25 comissões: a Comissão Central, encarregada de sistematizar e coordenar os trabalhos de todas as demais; quatro comissões temáticas, desdobradas em seis subcomissões; a Comissão de Logística Operacional, além das 19 comissões locais que ainda estão sendo criadas em todos os campi do IFRN para concentrar as discussões sobre o documento e contribuir para a sua elaboração. 
Segundo o presidente da Comissão Central, professor Wyllys Farkat, tudo está sendo pensado para dar a maior representatividade possível ao novo PDI.  “O próprio processo de elaboração é um momento muito rico para a  Institucional porque enseja que nós pensemos nela não só a curto prazo, mas sim num horizonte mais amplo”, disse o pró-reitor.  O processo de compartilhamento de sugestões ao documento começará assim que o documento base estiver concluído e pronto para ser analisado pela comunidade acadêmica.

Página em carregamento