Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / União nos desafios: Reditec reforça Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica
Gestores

União nos desafios: Reditec reforça Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica

23/11/2017 - Reunião de Dirigentes das Instituições de Educação Profissional e Tecnológica aconteceu em João Pessoa

União nos desafios: Reditec reforça Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica

Foto: Equipe de comunicação da Reditec

Em João Pessoa chegou ao fim nesta quinta-feira, 23 de novembro, a 41ª edição da Reunião de Dirigentes das Instituições de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec). Organizado pela Setec/Mec e pelo IFPB, o evento teve duração de quatro dias e reuniu atividades de pesquisa, ensino e extensão, além de articulações entre reitores, pró-reitores e gestores de centenas de campi que compõem a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. Entre eles, diversos diretores-gerais de campi do IFRN, como a diretora-geral (DG) do Campus Santa Cruz, Samira Delgado: “esse é um evento de grande relevância, oportunidade de estar junto de colegas de todo o país, participando de discussões acerca da educação profissional, tratando do Plano Nacional de Educação. Acredito que a gente tem grande ganho, saindo de João Pessoa com uma rede mais fortalecida e com os dirigentes mais unidos na defesa dos Institutos Federais”.

Representação

Régia Lopes, pró-reitora de Extensão do IFRN, também se mostrou satisfeita com a participação do Instituto no evento: “Participamos de rodas de conversa, do Fórum de Extensão e de tantas outras atividades, mas, especificamente importante foi a experiência vivenciada nas mostras tecnológica e de extensão, pioneiras no evento”. Régia ainda participou do painel Experiências Exitosas, em que mostrou a iniciativa do IFRN com os Núcleos de Extensão e Prática Profissional (Nepp's) “As ações vivenciadas nos Institutos Federais do Brasil e compartilhadas aqui são um ponto importante para que todos os gestores possam determinar as boas práticas”, finalizou.

Participando do Fórum dos diretores-gerais da Região Nordeste, Alex Diógenes, DG no Campus Caicó, acredita que o importante é trocar ideias informações e esclarecer algumas dúvidas na questão do acesso permanência e sucesso do aluno nas instituições: “nos tranquiliza perceber que as nossas aflições são as mesmas nos outros IF’s. Assim, também sugerimos soluções e propostas que para que a gente possa crescer juntos”, disse.

Desafios

Um dos eventos paralelos que aconteceram nos espaços da Reditec, a comemoração dos 10 anos da Escola Técnica Aberta do Brasil (E-tec Brasil) celebrou a marca de 600 mil alunos formados em todo o país, atingida em 2017.  “Visualizamos novas fronteiras e perspectivas, como a discussão de qual o modelo de institucionalização queremos e como trabalhar Educação a Distância com recursos próprios”: assim Alex Oliveira, diretor-geral do Campus EaD do IFRN, vê e comemora os 10 anos da E-tec.

Wyllys Farkatt, reitor do IFRN, vê como mais importante a discussão de temáticas a respeito do processo de consolidação das Instituições da Rede diante do momento político que o país está vivendo: “nós, enquanto Rede Federal, temos muito para contribuir na consolidação da democracia no Brasil. A partir dessa Reditec, nós conseguiremos marcar uma posição mais firme e mais clara na defesa da educação profissional tecnológica”, sentenciou.

Ações do documento

Tags: , ,
Página em carregamento