Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Setec lança Chamada Pública para composição de Cadastro de Especialistas
Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica

Setec lança Chamada Pública para composição de Cadastro de Especialistas

01/11/2019 - A chamada selecionará avaliadores em processos vinculados às políticas, programas e ações da Secretaria

Setec lança Chamada Pública para composição de Cadastro de Especialistas

Especialistas cadastrados no Banco de Avaliadores serão selecionados por sorteio a partir do eixo tecnológico

A Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) publicou, no último dia 25, o Edital nº 61/2019, que trata de uma Chamada Pública para composição de seu Cadastro de Especialistas. A chamada selecionará especialistas em dois perfis. Estes atuarão como avaliadores em processos vinculados às políticas, programas e ações implementados no âmbito da Secretaria, diretamente vinculada ao Ministério da Educação.

As inscrições serão realizadas – somente online – no Portal Monitoramento e Avaliação de Programas, no link Banco de Avaliadores – Cadastro de Especialistas, e permanecerão abertas por 30 dias desde a data da publicação do edital (25/10).

Perfis

A chamada também traz os requisitos para os dois perfis de avaliadores que busca:

Perfil 1

  • Ser docente da educação profissional e tecnológica com vínculo atual e em pleno exercício de suas funções em unidades de ensino vinculadas às redes públicas e privadas;
  • Possuir, no mínimo, pós-graduação lato sensu, reconhecida pelo Ministério da Educação;
  • Ter experiência mínima de dois (02) anos no magistério da Educação Profissional e Tecnológica em eixos tecnológicos correlacionados aos cursos constantes no Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos (CNCT) e/ou Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia (CNCST), entre outros.

Perfil 2

  • Ser especialista em educação profissional e tecnológica e/ou pesquisador cuja atuação de trabalho ou pesquisa esteja relacionada à educação profissional e tecnológica ou a seus respectivos eixos tecnológicos;
  • Possuir, no mínimo, pós-graduação lato sensu, reconhecida pelo Ministério da Educação;
  • Ter experiência mínima de cinco (05) anos em atividades, como: pesquisa, estudos, assessoria técnica, elaboração e implementação de programas e ações, entre outras, relacionadas à educação profissional e tecnológica ou a seus respectivos eixos tecnológicos, entre outros.

O edital ainda traz a informação de que os especialistas cadastrados no Banco de Avaliadores para participar dos diferentes processos avaliativos serão selecionados por sorteio a partir do eixo tecnológico e considerando o perfil do especialista; detalhes como remuneração e responsabilidades dos avaliadores também estão no documento.

Acesse

Chamada Pública para composição de Cadastro de Especialistas — Edital nº 61/2019;

 Inscrições — Portal Monitoramento e Avaliação de Programas.

Ações do documento

Página em carregamento