Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Servidores conversam sobre encaminhamentos para projetos
Campus Natal-Zona Leste

Servidores conversam sobre encaminhamentos para projetos

21/06/2019 - Morte repentina do diretor Alex Oliveira motivou momento de reflexão

Servidores conversam sobre encaminhamentos para projetos

Reunião aconteceu no Campus Natal-Zona Leste

Em reunião na tarde da última quarta-feira (19), a comunidade de servidores do Campus Natal-Zona Leste conversou com a equipe de gestão da Reitoria sobre os encaminhamentos a serem dados aos seus projetos e ações, focados na educação a distância. O encontro aconteceu em uma das salas de aula do Campus. "Estamos aqui para falar sobre o projeto de educação que Alex havia incorporado a sua vida. É uma atitude de respeito moral com um colega que vivenciava o que ele fazia de uma forma tão intensa", declarou o reitor do IFRN, professor Wyllys Farkatt Tabosa. Alex Oliveira, diretor do Campus Natal-Zona Leste, faleceu de forma repentina no dia 10 de junho.

"Alex conseguiu deixar um pouco dele em cada um de nós sobre o que desejava para o futuro. Precisamos sempre lembrar do que ele pretendia e alinhar com o que ele queria para o Campus. Isso não pode morrer", destacou em tom emotivo o servidor Fernando Varella, responsável pela Coordenação de Tecnologias da Informação e Comunicação (Cotic).

O falecimento do gestor principal do Campus gerou uma situação de vacância. Em razão de a unidade ter tido a sua autorização de funcionamento em dezembro de 2018, a lei oferece a possibilidade de nomeação da direção por indicação. A situação foi explicada à comunidade, com a opção de manutenção do substituto oficial como diretor pro-tempore ou a realização de consulta, o que levaria um período de 90 dias. Os participantes da reunião lembraram ainda que, no segundo semestre do ano, será realizado um processo de consulta a toda a Instituição para a escolha de reitor e diretores-gerais, processo do qual o Campus vai participar. "Seria um desgaste desnecessário. José Roberto é o substituto eventual do Alexsandro Paulino e assim consideramos que deve continuar até abril de 2020, quando termina esta gestão", lembrou Fernando. A decisão foi a de manter a direção pro-tempore com o substituto eventual, professor José Roberto.

PROJETOS

Os servidores falaram sobre Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), recursos orçamentários, ampliação dos cargos de servidores e oferta de cursos, com ênfase para o Programa de Iniciação Tecnológica e Cidadania (ProITEC), um dos carros chefes do Campus Natal-Zona Leste. O pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional (Prodes), Marcos Oliveira, falou sobre as projeções de diminuição do orçamento institucional para 2020, mas garantiu que, diante do Planejamento, o Campus vai receber os recursos necessários para lidar com as adversidades que surgirem. Já o diretor de Gestão de Pessoas, Auridan Dantas, lembrou que não há novidades momentâneas sobre liberação de novos cargos para o Campus. O diretor participa de reunião na próxima semana na Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC (Setec), onde será discutida uma nova portaria em relação a cargos.

Todos os servidores presentes à reunião concordaram com a necessidade de atualização do ProITEC, o que era um dos principais projetos de Alex Oliveira. A pró-reitora de Ensino em exercício, Ticiana Coutinho, destacou a característica sistêmica do Campus Natal-Zona Leste. "As demandas são enormes. Como viabilizar a permanência do estudante trabalhador, por exemplo, que ficou reprovado em uma disciplina e não tem horário para compensar depois? A solução pode ser o ensino a distância. É necessário um caminho de mais aproximação com a Reitoria para a oferta de cursos e atualização de Projetos Políticos de Cursos (PPCs), o que está bem encaminhado", finalizou.

Os servidores encerraram o encontro agradecendo os apoios mútuos, entre o Campus e a Reitoria, nesse momento de perda para toda a comunidade acadêmica do IFRN. Destacaram ainda a memória afetiva construída por Alex Oliveira nos seus 10 anos de atuação, como pedagogo e diretor, no Instituto.

Ações do documento

Página em carregamento