Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Publicada nova edição da Revista HOLOS
Pesquisa e Inovação

Publicada nova edição da Revista HOLOS

21/09/2017 - Periódico de nº 4/2017 já está disponível no Portal do IFRN

Publicada nova edição da Revista HOLOS

A Revista HOLOS lançou ontem (20) a quarta edição do periódico deste ano. A publicação reúne artigos provenientes do Brasil, Cuba, Espanha, Irã, México, Portugal e Polônia, reforçando os esforços para a comunicação, cooperação e divulgação científica com caráter internacional. 

A publicação tem como Editor Chefe o professor José Yvan Pereira Leite, sendo ele o responsável por administrar as submissões, análises e aprovação dos artigos. No Editorial, assim como em edições anteriores, ele faz um alerta para as dificuldades enfrentadas atualmente no ramo da pesquisa em virtude da escassez de recursos.

Por outro lado, apesar das dificuldades, o prof. José Yvan comemora o fato de a HOLOS vir apresentando crescimento nos indicadores, no comparativo de janeiro a setembro deste ano com o de 2016. No ano passado, o periódico registrou o acesso de 72.807 usuários com 370.511 visualizações. E agora, para o mesmo período, esse número saltou para 90.264 usuários e 433.583 visualizações, o que representa um aumento, respectivamente, de 24 e 17 por cento.

“Em um mundo globalizado e do conhecimento, os instrumentos protagonizados pela lei que criou as Escolas de Aprendizes e Artífices se alteram do plano manual para a automação, do impresso ao virtual. No entanto, se mantém o compromisso com a utopia da formação da classe trabalhadora. Esta deve estar à altura daqueles que façam a nação vislumbrar perenidade nas políticas de desenvolvimento social”, reflete. 

Sobre a HOLOS

A HOLOS é a uma revista eletrônica que surgiu em 1985 com objetivo de promover a divulgação da produção científica dos pesquisadores do IFRN, incluindo artigos elaborados a partir das monografias dos estudantes dos cursos superiores da Instituição. Passou a receber a contribuição de pesquisadores de outras entidades de ensino e pesquisa, nas línguas portuguesa, espanhola e inglesa, se tornando um dos principais veículos de divulgação científica do país.

Ações do documento

Página em carregamento