Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Para discutir o Plano Nacional de Educação, reitor participa de seminário na Câmara Federal
Educação Profissional

Para discutir o Plano Nacional de Educação, reitor participa de seminário na Câmara Federal

05/12/2017 - Entre as pautas, o acompanhamento dos Planos de Educação nos Estados e nos Municípios.

Para discutir o Plano Nacional de Educação, reitor participa de seminário na Câmara Federal

Wyllys, em sua fala, tratou das metas do Plano Nacional de Educação

Organizado pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, o seminário Avanços e desafios do Plano Nacional de Educação (PNE) aconteceu nesta terça, 5 de dezembro, em Brasília. Representando o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e o IFRN, o reitor do Instituto esteve presente ao evento, que tinha como objetivo promover discussões e apresentar propostas para o enfrentamento dos desafios e para o cumprimento das metas do PNE e dos planos locais de educação.

Proposto através do requerimento 390/17, de autoria do deputado João Carlos Bacelar Batista, da Bahia, o seminário foi dividido em um painel e três mesas de discussão:

  • Painel: Diagnóstico do Observatório do PNE sobre os três anos do Plano Nacional de Educação;
  • Mesa 1: Ações de monitoramento do PNE pelos órgãos de controle externo e social;
  • Mesa 2: Propostas para manter vivo e fortalecer o PNE como instrumento norteador das políticas educacionais;
  • Mesa 3: Acompanhamento dos Planos de Educação nos Estados e nos Municípios.

Além dos deputados da Subcomissão Permanente de Acompanhamento do PNE, estavam presentes autoridades Raquel Elias Dodge, presidente do Conselho Nacional do Ministério Público, Ismar Barbosa, secretário de Controle Externo da Educação, Cultura e Desposto do Tribunal de Contas da União, Alvana Maria Bof, coordenadora geral de Instrumentos e Medidas Educacionais do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira e Ektor Luis Passini, diretor de Programas da Secretaria Executiva do Ministério da Educação.

Debates

O professor Wyllys, em sua fala, discorreu sobre as metas do PNE, entre elas, a intenção de aumentar o número de estudantes na educação profissional, destacando que, “não se pode pensar em atingir essa meta, ou seja, triplicar o acesso, se nós não investirmos em educação a distância e na melhoria das nossas infovias”. Para o reitor do IFRN, outro ponto de relevância a ser destacado é a empregabilidade: “No Rio Grande do Norte, e aqui eu abro um parêntese para falar do nosso Instituto, o Observatório de Egressos de 2013 traz que 61% dos estudantes egressos do ensino técnico de nível médio estão empregados no RN e em outros estados da Federação; os outros 40%, via de regra, estão nas universidades federais”, finalizou.

Acesse 

Vídeo com a fala do reitor, na íntegra 

Ações do documento

Página em carregamento