Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Missão do Projeto Rondon conta com alunos e professores do IFRN
PELO BRASIL

Missão do Projeto Rondon conta com alunos e professores do IFRN

17/07/2017 - Nesta edição, a Instituição está sendo a única representante do Nordeste

Missão do Projeto Rondon conta com alunos e professores do IFRN

Estudantes dos campi Ipanguaçu, Canguaretama, Natal-Central e Cidade Alta do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) embarcaram, na última quinta-feira (13), para missão do Projeto Rondon. É a primeira vez que a Instituição participa do Programa, sendo a úncia representante do Nordeste.

A delegação do Instituto é composta por oito alunos - Augusto Medeiros, Rhayanne Ross, Aline Silva, Yasmin Nogueira e Kimberly Mendonça (Campus Natal-Central); Maria Viviane Do Nascimento (Campus Canguaretama); Nizia Almeida e Marta Mariane Ferreira (Campus Natal-Cidade Alta), além das professoras Juliana Carvalho (Campus Natal-Central) e Juliana Moreira (Campus Ipanguaçu)

Este ano, o projeto traz o tema “Uma experiência de socialização do saber: sustentabilidade na Serra do Cachimbo”, com propostas para o desenvolvimento de projetos em várias áreas, como Comunicação, Tecnologia e Produção, Meio Ambiente e Trabalho, tudo isso através de conjuntos de ações, visando sempre o caráter vinculativo entre ensino, pesquisa e extensão para discussão no âmbito social.

Entre os dias 14 e 30 de julho, os alunos se juntam a voluntários de outros locais do país para desenvolvimento de ações de integração social com os moradores do local. Esses dias serão de muito trabalho e troca de experiências para fortalecimento da cidadania.

No facebook, é possível conferir um pouco do trabalho que será desenvolvido pelo voluntário do Instituto, por meio da página IFRN no Rondon.  

PROJETO RONDON

O Projeto Rondon, desenvolvido pelo Ministério da Defesa, é uma iniciativa que busca executar ações que tragam vantagens duradouras para comunidades carentes, fortalecendo a cidadania por meio da participação dos universitários em conjunto com Instituições de Ensino Superior (IES) e os governos Federais, Estaduais, Municipais. Sua primeira operação, foi realizada em 1967. No ano seguinte foi criado o Grupo de Trabalho Projeto Rondon, subordinado ao então Ministério do Interior, efetivando assim, a criação do Projeto. Funcionando até 1989, e retomado a partir de 2005, o Projeto beneficia os municípios previamente selecionados com o envio de professores e alunos universitários de diferentes áreas do conhecimento.

Priorizando a formação de multiplicadores entre produtores, agentes públicos, professores e lideranças locais, o Projeto permite que as ações tenham efeitos duradouros, favorecendo no longo prazo a população, a economia, o meio ambiente e a administração locais.

Desde o relançamento, em 2005, o Projeto Rondon realizou 76 operações, em 1.142 municípios de 24 unidades da federação, com a participação de 2.170 instituições de ensino superior e 21.436 rondonistas (universitários e professores), alcançando cerca de 2 milhões de pessoas.

Ações do documento

Página em carregamento