Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Jovens aprendizes: carteira de trabalho é indispensável para contratação
Oportunidade

Jovens aprendizes: carteira de trabalho é indispensável para contratação

14/12/2017 - Programa Jovem Aprendiz surge como uma preparação para o mercado de trabalho, sem se desvincular das atividades estudantis

Jovens aprendizes: carteira de trabalho é indispensável para contratação

A oportunidade atinge alunos dos terceiro e quarto anos dos cursos integrados e do subsequente do IFRN

Em fevereiro de 2018 será aberta a terceira janela para contratar alunos dos terceiro e quarto anos de dezenas de cursos técnicos integrados e do subsequente do IFRN como jovens aprendizes do Instituto. A oportunidade, segundo Thiago Loureiro, à frente da Assessoria de Relações com o Mundo do Trabalho, é importante para os estudantes do Instituto que se enquadrem nas exigências do Programa, que têm de ficar atentos a uma questão essencial: a carteira de trabalho. “É muito importante que o aluno esteja atento, pois, pela lei, só podem fazer parte do programa aqueles que, no início do ano letivo (ou semestre, no caso do subsequente) atendam todos os requisitos. A carteira de trabalho é indispensável. O aluno que não tiver esse documento no primeiro dia de 2018.1 só poderá tentar vaga no período seguinte, de acordo com a modalidade de seu curso. Assim, o ideal é aproveitar esses dias de folga no ano letivo que se avizinham e correr para agilizar tudo”, complementou Loureiro.

Mercado

A iniciativa do Programa Jovem Aprendiz também é interessante para os empresários, pois a lei da aprendizagem obriga as médias e grandes empresas (a partir de sete funcionários) a contratarem entre cinco e sete por cento de seu quadro funcional entre aprendizes, o que desestimula as vagas de estágio. “Fazer a formalização como aprendiz ajuda ao empregador no cumprimento da cota, obedecendo a lei e não sofrendo penalidades por parte do Ministério do Trabalho e Emprego”, argumentou o assessor. Outro fato que desperta o interesse é o alcance geográfico da instituição: “somos 21 campi em todo o RN, e variedade de cursos que oferecemos, o que permite as empresas tem aprendiz qualificado em diversos setores/área. Já são quase 200 aprendizes no mercado e outros tantos estão em fase de seleção”, complementou Thiago.

Carteira

Há postos e secretarias da Delegacia Regional do Trabalho em todo o Rio Grande do Norte (confira lista das cidades, com telefones e endereços, AQUI). Em Natal e Mossoró, o atendimento deve ser feito através do Sistema de Atendimento Agendado (SAA), disponibilizado pelo Ministério do Trabalho e Emprego aos interessados. 

Para saber mais, acesse a página da Assessoria no Portal do IFRN ou ligue para 4005.0891.

Acesse

Estudantes do IFRN terão acesso ao programa Jovem Aprendiz

Delegacias do Trabalho no RN

Assessoria de Relações com o Mundo do Trabalho

Ações do documento

Página em carregamento