Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Incubadoras são tema de Seminário Nacional em Foz do Iguaçu
Empreendedorismo

Incubadoras são tema de Seminário Nacional em Foz do Iguaçu

26/09/2012 - Evento contou a representação de servidores do IFRN

Incubadoras são tema de Seminário Nacional em Foz do Iguaçu

Entre os dias 17 de 21 de setembro, no Parque Tecnológico Itaipu, em Foz Iguaçu-PR, aconteceu o XXII Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas e XX Workshop Anprotec. Neste ano, o encontro teve como tema principal: “Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas: Revelando e Integrando Novas Rotas de Desenvolvimento”. A programação incluiu a realização de minicursos, workshops, sessões plenárias, encontros paralelos, dentre outras atividades.

Conforme foi proposto no tema central, o evento revelou a forma como os parques tecnológicos e incubadoras de empresas podem contribuir para a geração de novas rotas de desenvolvimento nas regiões onde estão inseridos. Esses ambientes de inovação atuam na articulação e integração de esforços e potencialidades que resultam em uma nova geração de empreendimentos. Consolidam-se, então, rotas alternativas de desenvolvimento, mais maduras e mais próximas da sustentabilidade.

Entre os temas discutidos estavam as diretrizes para a implantação da plataforma denominada Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos – CERNE, que visa promover melhoria expressiva nos resultados das incubadoras das diferentes áreas, tanto em termos quantitativos quanto qualitativos.

Participação do IFRN

Ao todo estiveram presentes no evento 13 servidores do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN, entre os quais os professores Giovane Montine Moreira Gurgel e Renata Lissa Soares da Silva, que apresentaram trabalhos intitulados "Hotel de Projetos: uma proposta de metodologia para a Incubadora Tecnológica de Petróleo e Gás de Mossoró do IFRN" e "Estudo da representação social no âmbito da incubadora de empresas: uma percepção das empresas incubadas", respectivamente.

XX Workshop Anprotec

O primeiro deles trata de apresentar uma metodologia capaz de dinamizar as ações de prospecção de ideias inovadoras para incubação de empresas no IFRN. O segundo, por sua vez, teve o propósito averiguar a percepção que os gestores das empresas incubadas possuem acerca do suporte oferecido pela incubadora do Campus Natal Central do IFRN.

Atualmente o IFRN conta com quatro incubadoras, frutos de convênios com a FUNCERN e o SEBRAE, que englobam os segmentos de Arte e Cultura (Câmpus Natal-Cidade Alta), Petróleo e Gás (Câmpus –Mossoró), Melhoramento Genético da Bovinocultura (Câmpus Currais Novos) e multissetorial com o Núcleo de Incubação Tecnológica, instalado desde 1998 no Câmpus Natal-Central.

Outras incubadoras devem ser inauguradas em breve em quatro Câmpus do Instituto, com as seguintes áreas de atuação:

- Câmpus Caicó: indústria de confecção nos segmentos de bordados, bonelaria e têxtil; agronegócio, no segmento da pecuária e laticínios.
 - Câmpus Ipanguaçu: agronegócio nos segmentos da agricultura irrigada, fruticultura e pecuária; indústria, no segmento da cerâmica vermelha.
 - Câmpus Pau dos Ferros: agronegócio, nos segmentos do beneficiamento do leite e do mel, bem como nos segmentos da ovinocaprinocultura e pecuária.
 - Câmpus João Câmara: agronegócio, nos segmentos da pecuária, extrativismo, cajucultura e apicultura.

 É importante salientar que todos eles também terão o foco no segmento da Tecnologia da Informação (TI).

Ações do documento

Página em carregamento