Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Incubadoras do IFRN recebem certificação de boas práticas
Empreendedorismo

Incubadoras do IFRN recebem certificação de boas práticas

30/07/2019 - Premiação acontecerá no Innovation Summit Brasil, que será realizado entre 12 e 14 de agosto, em Florianópolis.

Incubadoras do IFRN recebem certificação de boas práticas

Em tempos em que o mercado se mostra cada vez mais exigente e competitivo, o IFRN, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação, tem um importante papel no desenvolvimento do Rio Grande do Norte.  Graças à criação de Incubadoras Tecnológicas, empresas recebem todo o suporte necessário para a construção de um negócio sólido e duradouro. Atualmente, existem 9 na Instituição. Duas delas ganharam recentemente um papel de destaque graças às certificações Cerne 1 e Cerne 2 fornecidas, respectivamente, às Incubadoras Tecnológicas do Campus Mossoró (ITMO) e do Campus Natal – Central (ITNC).

“Na verdade, a ITNC já tinha o certificado Cerne 1 desde 2016 e agora passa a fazer parte de um seleto grupo com o Cerne 2 no país, sendo a primeira em nosso estado. Ao mesmo tempo, a ITMO recebe o Cerne 1, o que representa um marco no reconhecimento de sua qualidade”, afirmou o Diretor de Inovação Tecnológica do IFRN, prof. João Teixeira.

O Cerne é uma plataforma que visa promover a melhoria nos resultados de incubadoras em diferentes setores de atuação, determinando boas práticas associadas em níveis de maturidade. A plataforma foi idealizada pelo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec). A certificação é concedida após a visita de avaliadores às instalações das incubadoras, com objetivo de constatar evidências de boas práticas.

Ainda de acordo com o professor, a certificação é resultado de um trabalho sistêmico de fortalecimento realizado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação, com o apoio da Funcern. Segundo ele, foram feitas visitas técnicas em cada uma das incubadoras a fim de identificar as principais carências no que diz respeito à infraestrutura, finanças e recursos humanos. E o principal: apresentar soluções para cada uma delas.

“O trabalho continua. A expectativa é de que nos próximos anos tenhamos outras incubadoras certificadas no IFRN, que tem cada vez mais investido no empreendedorismo e inovação. Todos saem ganhando: os alunos, as empresas e a própria Instituição”, complementa.

O anúncio das certificações aconteceu no dia 18 de julho e a entrega da premiação acontecerá durante o Innovation Summit Brasil 2019, que acontecerá entre os dias 12 e 14 de agosto, em Florianópolis – SC. Com o tema “Ecossistemas de Inovação: criativos, conectados e competitivos”, o evento tem a expectativa de receber mais de 2 mil participantes do Brasil e do mundo.

Ações do documento

Página em carregamento