Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN integra organização de Colóquio sobre Corpo e Movimento
Internacional

IFRN integra organização de Colóquio sobre Corpo e Movimento

08/11/2018 - A programação do evento segue até essa sexta-feira (09)

IFRN integra organização de Colóquio sobre Corpo e Movimento

A programação do evento segue até essa sexta-feira (09)

A Conferência de abertura do V Colóquio Internacional Corpo e Cultura do Movimento, aconteceu na tarde de ontem (7) na Casa da Ribeira. Este ano, em comemoração aos 60 anos da Universidade de Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e aos cinco anos do grupo de pesquisa Corpo, Fenomenologia e Movimento “Estesia”, a abertura reuniu professores nacionais e internacionais, através da parceria com Institutos Federais (IF’s) e as Universidades de Montpellier e Paris Descartes, integrando o IV Simpósio Internacional Franco-Brasileiro, “Corpo, Educação e Cultura do Movimento”, II Congresso Internacional de Emersiologia e o I Congresso de Estesiologia.

Pela manhã na UFRN, a programação teve início às 8h com ateliês de práticas corporais, composto por capoeira, yoga, danças populares, consciência corporal e estudos de Laban (estudo do movimento que usa figuras geométricas para dar suporte à movimentação do ator-dançarino). O cronograma do evento seguiu na UFRN até o primeiro intervalo às 10h30. No turno vespertino, às 14h30, o destaque ficou com a cerimônia e solenidade de abertura, que contou com a presença de convidados internacionais, e participantes do IFRN e UFRN.

A coordenadora geral do evento, Petrúcia Nóbrega, conta que o simpósio já surgiu com a perspectiva de ser internacional com um convênio com a Universidade de Montpellier. Como parte da organização ela comenta a parceria com o IFRN: “Esse evento tem sido, desde a 1º edição, uma parceria com o IFRN, pois muitos professores do programa de pós-graduação em educação física, são professores do Instituto, então, acaba havendo uma ponte, uma ligação para a formação, para a questão da difusão científica e, sobretudo, cultural”.

Difusão 

Petrúcia também fala sobre a importância do evento, não só para professores como para alunos do IFRN: “para os alunos do instituto federal, é um horizonte que eles podem, a partir dessas atividades científicas e culturais, também projetar para o seu futuro acadêmico, profissional, outras possibilidades de difusão de estrutura, conhecimento cultural, conhecimento filosófico e científico”, disse. “O aluno participa dos comitês de toda a organização do evento, então ele está em contato com professores mais experientes, pesquisadores internacionais (...) acho que só esse contato já é algo significativo para a formação do estudante”.

Segundo a coordenadora, esta edição do evento tem uma peculiaridade devido à sua integração: “Todo ano tem um dessas manifestações, este ano integramos todas elas, em função dos 60 anos e dos 5 anos. Então resolvemos fazer algo maior, integrando todos os eventos”, conclui. A programação do simpósio seguirá até esta sexta-feira (09), com programações culturais, mesas redondas e cerimônia de encerramento, conforme o site oficial do colóquio.

Ações do documento

Tags:
Página em carregamento