Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Economia de energia chegará a R$ 1,3 milhão ao ano no IFRN
Usinas Fotovoltaicas

Economia de energia chegará a R$ 1,3 milhão ao ano no IFRN

26/12/2017 - Todas as unidades da Instituição já contam com geradores em funcionamento

Economia de energia chegará a R$ 1,3 milhão ao ano no IFRN

Módulos fotovoltaicos instalados no campus Ipanguaçu

O IFRN bateu a meta prevista no Plano de Desenvolvimento Institucional 2014-2018. No dia 14 de dezembro foram acionados os geradores fotovoltaicos dos campi Ipanguaçu e Macau, os últimos que haviam sido contratados dentro do Projeto IFRN Solar. Com isso, todas as unidades da Instituição já contam com geração solar fotovoltaica, atingindo a marca dos 2.139 kWp de potência conectada à rede.

O gerador do Campus Ipanguaçu é composto de 420 painéis de 280 Wp de potência, totalizando 117, 6 kWp, distribuídos em área de aproximadamente 630 m² destinada ao estacionamento de veículos. A energia em corrente contínua que é fornecida pelos painéis é convertida em corrente alternada por quatro inversores trifásicos de 25 kW. Com esse gerador espera-se alcançar uma produção anual média de aproximadamente 182,5 MWh, o que representa 29% do total de energia elétrica consumida nessa unidade nos últimos 12 meses.

Já o gerador implantando no Campus Macau é composto de 315 painéis de 280 Wp de potência, totalizando 88,2 kWp, distribuídos sobre duas áreas de estacionamento, totalizando 472 m² de área coberta. Esse sistema possui ainda 3 inversores trifásicos de 25 kW. A produção anual de energia está estima em 136,8 kWh, o que também corresponde a 29% do consumo elétrico dessa unidade.

“Considerando todos os geradores fotovoltaicos em operação no IFRN, temos potencial para gerar até 3,36 GWh/ano, o que representaria redução de despesa com energia elétrica da ordem de R$ 1,3 milhão por ano. Isso evitaria também a emissão anual de 339 toneladas de CO2 na atmosfera”, explica o engenheiro eletricista do IFRN Franclin Róbias.

O Projeto IFRN Solar foi iniciado em 2013 com a contração dos 5 primeiros geradores fotovoltaicos, que foram instalados na Reitoria e nos campi Canguaretama, Ceará-Mirim, Currais Novos e São Paulo do Potengi. Desde então, anualmente, os demais campi foram sendo contemplados. A capacidade de cada gerador varia desde 50 kWp, no caso dos campi avançados de Lajes e Parelhas, até 197 kWp no caso do Campus Natal Central.

Agora que todas as unidades do IFRN possuem geração própria de energia elétrica, a próxima meta será cobrir com fonte renovável, no mínimo, 30% do consumo de cada unidade. Ainda de acordo com o engenheiro, as ações de conservação de energia que estão sendo praticadas em alguns campi contribuirão para atingir esse objetivo. 

 

Ações do documento

Página em carregamento