Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Do Campus Parelhas para a maior produtora de ferro-cromo da América
Start

Do Campus Parelhas para a maior produtora de ferro-cromo da América

15/08/2019 - Estudantes do Curso Técnico em Mineração compartilham sua experiência com estágio

Do Campus Parelhas para a maior produtora de ferro-cromo da América

A empresa em que os estudantes atuam fica localizada na Bahia.

Os estudantes Emanuel Junior e Neíza Lopes, do curso técnico em Mineração do IFRN Campus Avançado Parelhas, há três meses estagiam na Companhia de Ferro Ligas da Bahia – Ferbasa, a maior produtora de ferro-cromo das américas. Na empresa, eles trabalham na usina de beneficiamento mineral, realizando desde a preparação de amostras até ensaios laboratoriais, sempre sob a supervisão do coordenador do setor.

Emanuel e Neiza são alunos do IFRN desde 2016, e para eles os conhecimentos e vivências adquiridas durante o curso foram preponderantes para conquista do estágio. Emanuel fala que a oportunidade que estão tendo é única, além de ser uma experiência que jamais imaginou vivenciar, com toda a estrutura e segurança que a empresa proporciona.

“A experiência de estagiar na Ferbasa tem sido muito proveitosa, uma vez que podemos desenvolver na prática aquilo que aprendemos ao longo do curso técnico em Mineração no Campus Parelhas do IFRN. Aliado a isso, há o desafio de lidar com a ansiedade, de atender as expectativas da empresa e realizar todas as atividades em conformidade”, afirma Neíza.

Formando profissionais qualificados

"Os estagiários Emanuel e Neíza são exemplos, entre muitos, de profissionais qualificados formados pelo Campus Avançado Parelhas do IFRN e bem colocados no mercado de trabalho. São a concretização dos objetivos principais do ensino técnico de nível médio da Instituição: garantir aos seus estudantes uma formação técnica, humanística e ética para o desempenho das atividades profissionais, com elevado grau de responsabilidade social e ambiental", declarou a diretora-geral do Campus, professora Gerlúzia Azevedo.                     

No IFRN, todos os estágios são cadastrados e acompanhados pelo Suap - sistema administrativo e acadêmico da Instituição. Além de garantir o cumprimento da Lei de Estágio, o registro permite que os os supervisores avaliem o desempenho dos estagiários. A média recebida pelos estudantes do IFRN é 9,34, considerada excelente pelo assessor de Relações com o Mundo do Trabalho da Instituição, o professor Thiago Loureiro.

"Para promover mais ainda a cultura do estágio no Instituto, a Pró-Reitoria de Extensão realiza até o dia 21 de agosto o Start, evento com programação toda dedicada a esclarecer e motivar a realização do estágio", explicou o assessor.

Ações do documento

Página em carregamento