Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Centro de Tecnologia Mineral do IFRN recebe empresários australianos
COOPERAÇÃO CIENTÍFICA

Centro de Tecnologia Mineral do IFRN recebe empresários australianos

28/06/2019 - Comitê da Mineradora australiana Crusader visitou o Campus Currais Novos para acordo de cooperação com o Instituto

Centro de Tecnologia Mineral do IFRN recebe empresários australianos

Gestores do IFRN e da Mineradora Crusader se reuniram no Campus Currais Novos do Instituto

Representantes da Mineradora australiana Crusader, operante na extração de ouro do Projeto Borborema, visitaram, nesta quarta-feira (26), o Centro de Tecnologia Mineral (CT-Mineral) que está sendo instalado no Campus Currais Novos do IFRN. Na ocasião, o professor Francisco das Chagas de Mariz Fernandes representou o reitor Wyllys Farkatt. Junto ao professor Belchior Rocha, Mariz acompanha as discussões para o estabelecimento de parceria entre a mineradora e o IFRN. A reunião contou com a presença do diretor-presidente da Crusader, Andrew Richards, e dos professores Arnóbio Filho, Gerlúzia Alves, Samira Delgado e Andreilson Oliveira, diretores dos campi Natal-Central, Parelhas, Santa Cruz e Currais Novos, respectivamente.

A Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (Funcern) faz a mediação para o estabelecimento da cooperação com o CT Mineral. O superintendente da Fundação, professor Jairo Santos, reforçou a disponibilidade de fazer a gestão técnico-financeira dos projetos e serviços, com relação ao Centro de Tecnologia e a Mineradora. 

Parceria 

Para Andreison, diretor do Campus de Currais Novos do IFRN, a implantação da iniciativa tem o objetivo de agregar e retomar a estrutura que o município obteve nos tempos áureos da mineração no país. “Currais é um berço da mineração no estado - para não dizer no país todo; a importância do CT Mineral para essa localidade é imensurável”, disse. Empolgado, o diretor ressaltou os benefícios resultantes desta parceria: “a partir disso, serão gerados novos empregos e perspectivas de pesquisa, além do investimento para a toda a região do seridó”, completou. 

Para os profissionais formados pelo IFRN (nos cursos técnicos de Geologia, Mineração, Eletrotécnica e Mecânica) a iniciativa é uma oportunidade para a oferta e disposição de mão-de-obra qualificada. Segundo Belchior, a parceria entre o CT e a Crusader, proporcionará espaço e perspectivas de trabalho para técnicos em diversas áreas. “É um espaço que se abre, principalmente no ponto de vista da análise de diversos materiais da mina de ouro que está sendo instalada”, comentou. Ainda de acordo com o professor, a contribuição é vista de forma positiva pelo IFRN e para Funcern.

Andrew Richards, diretor-presidente da Crusader, destacou a valorização do Projeto Borborema para a região do Seridó. “Currais Novos é uma cidade muito promissora; nosso objetivo é buscar, com o próprio projeto, efetivar e potencializar as ações em parceria com o IFRN”. Os planos, segundo o presidente, são consolidar essa cooperação: “pretendo, juntamente ao Instituto, fortalecer valores ao CT por longas décadas. O Borborema será de extrema importância, não somente para a mineradora, mas para o Instituto e região”, concluiu.

Ações do documento

Página em carregamento