Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Capacitação sistêmica traz curso na área de saúde mental e trabalho
Saúde do Servidor

Capacitação sistêmica traz curso na área de saúde mental e trabalho

25/08/2017 - Promovida pela Coordenação de Atenção à Saúde do Servidor, projeto teve quatro dias de atividade

Capacitação sistêmica traz curso na área de saúde mental e trabalho

Atividades aconteceram parte na Reitoria e parte no Campus EaD

A Coordenação de Atenção à Saúde do Servidor (Coass) promoveu, entre os dias 21 e 24 de outubro, o Curso de Saúde Mental e Trabalho. O evento, realizado parte na Reitoria e parte no Campus EaD, foi voltado a servidores de todos os campi do IFRN e teve como objetivo refletir sobre a importância do trabalho como estruturante na vida dos sujeitos. As atividades contabilizaram carga-horária total de 28h.

O curso teve início na segunda-feira, 21, com a temática “O mundo do trabalho e seus novos cenários” apresentada pela psicóloga Etienne Medeiros, englobando conceitos diversos de trabalho e como a compreensão deste interfere nas atividades dos servidores.

Na terça, 22, a psicóloga abordou o tema “Significado e centralidade do trabalho” e a assistente social Valéria Regina apresentou o assunto “Vínculo e comprometimento nas organizações”, refletindo acerca da identidade do sujeito enquanto servidor(a) do Instituto.

Na quarta, 23, por sua vez, o assunto abordado pelo médico psiquiatra Evanilson Moura foi “Prevenção ao suicídio”, discutindo os principais fatores ligados a esse comportamento e sua associação com os transtornos mentais. Na parte da tarde, o tema “Assédio Moral” foi conduzido pelo professor Rocco Nelson.

Na quinta, 24, o médico Jocélio Silva apresentou o tema “Psicopatologias relacionados ao trabalho”, compreendendo problemas de saúde mental relacionadas à área. No final do dia, o psicólogo Rafael Chaves falou sobre “Prevenção em Saúde Mental -  métodos para manter uma saúde mental equilibrada”, discutindo estratégias para o acolhimento e gestão do cuidado nessas questões. “Em 2015, 21% dos problemas de afastamento de servidores do IFRN por motivo de saúde foram decorrentes de transtornos mentais e comportamentais”, disse o psicólogo, um dos facilitadores do curso.

Importância

Segundo Rafael, “a sensibilização para a questão da saúde mental no ambiente de trabalho, o olhar mais ampliado sobre o processo de adoecimento e o desenvolvimento de estratégias para o cuidado compartilhado voltado às pessoas com transtornos mentais são fundamentais para dar resposta às demandas relacionadas a esse tema no âmbito do IFRN”.

É a primeira vez que o IFRN promove um curso com essa temática. Os participantes do curso elogiaram a iniciativa da Coass, entre eles o servidor Leonardo Rodrigues, Técnico em Mecânica do Campus Santa Cruz. Segundo ele, o curso foi bastante significativo porque ensinou estratégias para manter uma boa saúde mental no trabalho. Sua expectativa pessoal, antes de começar o curso, era a de identificar e buscar auxílio na cura de alguns transtornos: “antes de sermos servidores do Instituto, somos seres humanos, com estrutura emocional complexa. A gente vive no mundo do imediatismo, sempre se cobrando em diferentes aspectos, com muitos compromissos e responsabilidades. O curso ajudou bastante porque nos fez enxergar enquanto pessoa que se personifica na figura de servidor”, declarou.

Ações do documento

Página em carregamento