Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Campus Natal-Central comemora 108 anos do IFRN
ANIVERSÁRIO

Campus Natal-Central comemora 108 anos do IFRN

22/09/2017 - Bolo temático e apresentações culturais compõem as comemorações

Campus Natal-Central comemora 108 anos do IFRN

No próximo sábado, 23 de setembro, o IFRN completará 108 anos de existência. Para comemorar a data, a Direção Geral e a Comunicação Social e Eventos do Campus Natal-Central prepararam uma programação festiva, no estacionamento próximo ao Gabinete da Direção Geral, nesta sexta-feira (22/09), em dois momentos, durante o intervalo das aulas: às 8h30 e às 16h. 

Dessa maneira, a manhã de hoje foi tomada por homenagens, recordações e muita música. O evento reuniu a comunidade interna entre servidores (administrativos e professores), alunos e terceirizados. "Essa escola, que está comemorando mais um aniversário, surgiu às margens do rio Potengi em 1909, passou pelo prédio da Cidade Alta em 1914 e veio para cá em 1967, e tem 108 anos de serviços prestados à sociedade potiguar, transformando juventudes de várias gerações", disse o Diretor Geral do Campus-Central, professor Arnóbio de Araújo Filho. Durante a confraternização, o presidente de Associação dos Servidores, Valtencir Gomes, homenageou o IFRN enquanto Instituição humana formadora que é para juventude potiguar. 

A ocasião, que contou com bolo temático em alusão ao aniversário do Instituto, foi festejada com a música da Banda Sinfônica do IFRN/CNAT, regida pelo maestro Amós Andrade de Freitas. Criada em 2015 como um projeto de extensão, de iniciativa do professor Roderick Fonseca, a banda está atualmente com 35 componentes, e é aberta, segundo o regente, a todos aqueles que gostam de música.

À tarde, a atração será a Banda de Percussão Incluir e Crescer, formada por jovens e adultos que apresentam deficiência intelectual e que são atendidos pelo projeto de extensão dirigido pelo prof. Gustavo Brito, do IFRN/Cidade Alta, em parceria com a Associação de Pais, Amigos e Pessoas com Deficiência, de funcionários do Banco do Brasil e da Comunidade (APABB). A Banda de Percussão tem como regente a professora de música Mariana Aníbal, auxiliada por Wender Franklin.

Ações do documento

Página em carregamento