Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Assinados contratos de construção dos novos campi
expansão

Assinados contratos de construção dos novos campi

03/02/2012 - Obras deverão começar no final deste mês

Assinados contratos de construção dos novos campi

Até o final de fevereiro deverão ser iniciadas as obras de construção dos campi do IFRN de Canguaretama, Ceará Mirim e São Paulo do Potengi.    A assinatura dos contratos de construção foi hoje (3) de manhã, na sala de reuniões da Reitoria do Instituto.

Além da equipe da reitoria, a  solenidade contou com a presença dos prefeitos dos três municípios beneficiados pela terceira fase de expansão do Instituto, além da deputada federal Fátima Bezerra e dos donos da empresa que venceu a concorrência pública para a construção das escolas -A  ECCL.  A empresa é sediada em Natal e já opera há 12 anos, tendo sido responsável por diversas obras na UFRN - dentre elas, a reforma da Biblioteca Zila Mamede, o prédio de Geofísica, entre outras instalações.

Os três contratos somam R$ 24 milhões e contemplam apenas a construção das instalações físicas.  Depois de prontas, a instituição irá investir cerca de R$ 2,5 milhões para equipar cada escola o suficiente para que elas comecem a funcionar.  As escolas terão capacidade para 1200 alunos e 120 servidores, entre professores e técnicos administrativos. 

Segundo o diretor de Engenharia do Instituto, Josué Martins, os projetos dos novos campi foram elaborados tomando-se como base os projetos dos campi de Santa Cruz e Pau dos Ferros - os dois únicos verticais dentre os 15 campi instalados no interior do Estado.  "As novas escolas terão três prédios: um para abrigar toda a parte pedagógica e administrativa, outro para a assistência ao estudante, com refeitório, consultório médico e alguns laboratórios e o terceiro onde funcionará o auditório", com capacidade para 208 pessoas", explicou.

O reitor Belchior de Oliveira Rocha disse que com a assinatura dos contratos o IFRN sai na frente em mais uma fase da expansão dos institutos federais.  "Os campi de Ceará Mirim, Canguaretama e São Paulo do Potengi são os primeiros a iniciar as obras neste ano entre as 129 escolas da fase três, aprovadas pelo governo da presidenta Dilma", informou o reitor, que fez questão de reiterar a importância do cumprimento do cronograma da obra aos representantes da empresa contratada. 

Mais recursos para a expansão

A deputada Fátima Bezerra aproveitou a solenidade de assinatura dos contratos de construção dos novos campi para anunciar a liberação da segunda parte dos recursos assegurados pela emenda ao Orçamento Geral da União no ano passado, de sua autoria, no valor de R$ 20 milhões.

"Os primeiros R$ 10 milhões já foram usados no ano passado e agora, com esse novo aporte, o Instituto poderá agilizar as obras de construção das novas escolas", completou a deputada, assegurando que continuará a luta para garantir mais recursos para a expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica no Rio Grande do Norte.

 

Ações do documento

Página em carregamento