Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Aprovação no concurso trouxe a realização de um sonho: ser professora do IFRN
Construindo Conexões

Aprovação no concurso trouxe a realização de um sonho: ser professora do IFRN

23/02/2018 - Fabiola Dantas, ex-aluna do IFRN, deixou o IFPE para assumir vaga de professora no Campus Ipanguaçu

Aprovação no concurso trouxe a realização de um sonho: ser professora do IFRN

Para encerrar a série Construindo Conexões, através da qual apresentamos alguns dos 121 novos servidores do Instituto Federal do Rio Grande do Norte, empossados no último dia 26 de janeiro, escolhemos uma história cheia de conexões e que vem sendo construída desde 2000. Fabíola da Costa Catombé Dantas ingressou no Instituto quando ele ainda se chamava CEFET-RN. Ela foi aluna do técnico em Edificações na modalidade integrada ao Ensino Médio e concluiu seu curso em 2003.

No mesmo ano em que concluía o curso, Fabíola foi surpreendida por um #AmorDeIF. Rafael Melo, seu colega de classe, tornou-se seu namorado. Porém, as conexões não pararam por aí. Em 2014, quando eles já estavam casados há dois anos, chegou a hora de voltar à Rede Federal de Ensino, mas agora como professores. Rafael, que é engenheiro civil, assumiu vaga de professor no Campus Natal-Central do IFRN, na área de edificações, enquanto Fabíola assumia vaga, também de professora, no Campus Garanhuns do Instituto Federal de Pernambuco.

Bacharel e mestra em Ecologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Fabíola, apesar de efetivada na Rede Federal, ainda queria algo mais. “Já havia tentado outros dois concursos do IFRN e, em um deles fui aprovada fora da quantidade de vagas, mas não cheguei a ser convocada. Tive experiências fora do magistério, mas exercer a docência em um Instituto Federal é uma realização profissional que buscava, por isso enfrentava a distância da família e o longo trajeto para o trabalho. Mesmo já realizada profissionalmente enquanto professora de um Instituto Federal, o sonho de ser IFRN nunca foi esquecido”, contou a professora.

Em cerimônia coletiva, realizada no dia 26 de janeiro, no Auditório Pedro Silveira e Sá Leitão do Campus Natal-Central, Fabíola foi empossada para a vaga de professora em Gestão Ambiental no Campus Ipanguaçu do IFRN, mas este não foi o único presente que ela recebeu em 2018: “acredito que o fato dessa conquista ter chegado quando eu estava com oito meses de gestação e tomar posse no cargo tendo meu filho, Benício, em meus braços com apenas 16 dias de vida tornou tudo ainda mais especial”.

E a servidora não esconde a expectativa e felicidade em viver essa nova experiência: “Muita alegria e satisfação em servir na instituição que já havia mudado a minha vida pessoal e profissional quando eu era aluna. Farei o meu melhor todos os dias para contribuir com uma educação transformadora, podendo ouvir e me alegrar com as conquistas dos meus futuros alunos no IFRN”.

Ações do documento

Página em carregamento