Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Apresentações culturais reúnem público caicoense na Ilha de Santana
Semana de Ciência, Tecnologia e Extensão

Apresentações culturais reúnem público caicoense na Ilha de Santana

04/12/2017 - Atividades foram relacionadas à música, cinema, fotografia e teatro.

Apresentações culturais reúnem público caicoense na Ilha de Santana

Talentos Musicais: bandas de diversos campi estiveram no Palco B da Secitex; foto: Rommel

Na última quarta-feira, 29, como parte da III Semana de Ciência, Tecnologia e Extensão do IFRN, aconteceu a II Mostra Coletiva de Artes. Com atividades relacionadas à música, cinema, fotografia e teatro, o evento reuniu servidores, estudantes do IFRN e a comunidade caicoense em torno de uma programação essencialmente artística.

O I Festival de Talentos Musicais do IFRN promoveu a oportunidade da comunidade acadêmica do Instituto de realizar apresentações de música. Aberto a todos os gêneros, o Festival abarcou performances de rock, forró, música erudita, MPB e reggae, tanto na modalidade cantada quanto instrumental.

Alana Melo, estudante do curso técnico integrado de Meio Ambiente do Campus São Paulo do Potengi, apresentou-se com o grupo Cantarolando, formado por colegas do IFRN da sua cidade.  “Ficamos sabendo do festival através da nossa professora Aninha (Morais, docente da disciplina Música), que comanda a banda Cantarolando. Foi ela que nos inscreveu”, lembra a aluna de 16 anos. A conquista pela atenção das pessoas foi fundamental para a experiência de tocar ao vivo. ”A gente achou o público meio acanhado, mas depois eles foram se soltando”, comentou Alana, aos risos. “Foi incrível para mim: minha primeira Secitex e a primeira vez que venho a Caicó”.

Exibição de curtas-metragens

Paralela a outras atividades, a III Secitex recebeu a Curta! “A intenção era trabalhar com uma proposta pedagógica do ensino de artes visuais por meio de curtas-metragens. A partir daí, a gente abriu o edital onde os campi poderiam encaminhar suas produções”. A fala é da professora Izanny Brito, docente da disciplina de artes do Campus Parnamirim e uma das organizadoras do Curta!, que comemora esse ano a 2ª edição do evento.

Os curtas são exibidos em sessões de 15 minutos, sendo presenciadas por apenas 15 pessoas por vez. Todos eles foram inteiramente produzidos por servidores e/ou alunos do IFRN. Questionada sobre a recepção das pessoas quanto a duração incomum às massas, Izanny explica. “Inicialmente, as pessoas já vêm esperando que sejam filmes de longa-metragem, mas na verdade a nossa proposta é que os alunos possam contemplar uma introdução de algo que seja da temática atual na vida dos jovens e adolescentes. Trabalhar com filmes com mais de 15 minutos seria exigir muita demanda de gravação e edição“, explica. O tempo de sessão também foi um fator decisivo para a escolha desse formato. “Os curtas podem durar até 30 minutos, mas estabelecemos apenas 15 para dar a oportunidade de mais filmes serem vistos por mais pessoas”, concluiu.

Ações do documento

Página em carregamento