Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Apresentações culturais abrem trabalhos de recredenciamento do IFRN
Recredenciamento

Apresentações culturais abrem trabalhos de recredenciamento do IFRN

16/11/2016 - Equipe do INEP foi recebida com arte no Campus Natal-Central (CNAT)

Apresentações culturais abrem trabalhos de recredenciamento do IFRN

Equipe do INEP foi recepcionada no auditório do CNAT

Recepcionando com arte e cultura os professores Sérgio Donizetti Zorzo, Ana Cláudia Mirândola Barbosa Reis e Francisco Alcides do Nascimento, o Campus Natal Central (CNAT) do IFRN deu início, na manhã desta quarta-feira, 16 de novembro, aos trabalhos da comissão de avaliação para o recredenciamento do Instituto junto ao Ministério da Educação (MEC). O recredenciamento das Instituições de Ensino Superior (IES) obedece normativa federal e os trabalhos de avaliação são baseados em 5 eixos e 10 dimensões, conforme prevê modelo disponibilizado pelo próprio MEC.

O evento de recepção institucional aos avaliadores aconteceu no auditório Pedro Silveira e Sá Leitão e contou com apresentações culturais, as boas-vindas oficiais e apresentação de um vídeo sobre o CNAT. Em seguida, os gestores da Reitoria e do Campus foram para a sala do Gabinete, onde teve início a reunião de abertura dos trabalhos.

INEP

A comissão da visita técnica representa o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) e tem como missão promover estudos, pesquisas e avaliações sobre o sistema educacional brasileiro. Essa missão busca subsidiar políticas públicas para a área educacional a partir de parâmetros de qualidade e equidade, produzindo informações aos gestores, pesquisadores, educadores e público em geral. Tais trabalhos terão como instrumento avaliativo o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes)

Importância e relevância

Para Tarcimária Gomes, diretora de Avaliação e Regulação do Ensino do IFRN, a oportunidade é de fundamental importância para que toda a excelência desenvolvida pelo Instituto – especialmente pelo Campus Natal-Central – seja posta em evidência. “É uma mostra das ações que fazem o IFRN se constituir como agente transformador da vida dos norte-rio-grandenses”, declarou. ​

Já para o pró-reitor de Ensino, professor Agamenon Tavares: "o recredenciamento observará as nossas ofertas de cursos superiores quanto à infraestrutura e produção em Ensino, Pesquisa e Extensão. Ao longo desses três dias, a análise documental e visita in loco serão instrumento para uma percepção mais global do que ofertamos no IFRN, com indicadores que demonstrarão à sociedade o nosso potencial de atendimento as suas expectativas de qualidade. A meu ver, constitui-se em momento de extrema relevância na construção da identidade e autonomia institucionais".

O reitor do Instituto, professor Wyllys Tabosa, falou sobre a relevância da visita técnica e destacou a recepção aos avaliadores como um momento de cortesia que antecede a seriedade característica dos trabalhos: “Foi um belíssimo espetáculo. Iniciar assim as atividades é bem a mostra do que fazemos na Instituição: nossa dedicação está sempre aliando momentos de integração com a comunidade. É auditório cheio, servidores e sociedade presentes e muito trabalho pela frente”, arrematou o gestor.

Apresentações musicais

Para recepção dos avaliadores, dois instantes musicais: a apresentação da banda sinfônica e do Coral Infantil do campus. A banda do Nuarte/CNAT, regida pelo maestro Amos Freitas, executou cinco peças clássicas. O coral cantou músicas ligadas ao folclore de diversos países, como Brasil, Argentina e Itália. Contando com crianças e adolescentes entre oito e 14 anos, o Coral Infantil do IFRN apresentou-se com 34 integrantes e encantou ao público que, ao final, aplaudiu de pé o show.

Após as apresentações artísticas, a estudante Viviane Nunes, presidente da Rede de Grêmios do IFRN (REGIF), deu as boas-vindas aos avaliadores. Na sequência, foi exibido o vídeo institucional do Campus Natal Central, produzido no Campus EaD, que encerrou a cerimônia.

A programação da visita técnica segue até a sexta, dia 18/11, e deverá reunir gestores, membros da Comissão Permanente de Avaliação (CPA), coordenadores de curso, além de técnicos-administrativos, alunos e professores previamente selecionados pela equipe de avaliadores.

Ações do documento

Página em carregamento